Topo

MMA

Khabib prevê luta contra McGregor em novembro e cogita duelo com St-Pierre

AP Photo/The Canadian Press
Imagem: AP Photo/The Canadian Press

Ag. Fight

02/04/2018 17h56

e confronto marcado para o próximo sábado (7), Khabib Nurmagomedov disputará o cinturão peso-leve (70 kg) do UFC contra o atual detentor do título peso-pena (66 kg) Max Holloway, que entrou no lugar de Tony Ferguson, que se contundiu e abandonou o card. Apesar do combate deste fim de semana, o russo não deixou de cogitar seu futuro dentro do octógono e declarou que uma superluta contra Conor McGregor pode ocorrer ainda neste ano.

Em entrevista para o portal 'MMA Fighting', Khabib ainda afirmou que tem vontade de se testar contra o ex-campeão dos pesos-médios (84 kg) e dos meio-médios (77 kg) Georges St-Pierre, mas alegou que um encontro contra o irlandês em Nova York (EUA) deva ser a alternativa mais viável para o UFC.

"Eu penso em Georges St-Pierre. Ele disse que consegue bater 70 kg. Ele já foi campeão meio-médio e médio. Por que não agora? Pelo legado dele e pelo meu. Não é uma luta fácil para mim e nem para ele. Ele é o maior atleta a competir na história do UFC na minha opinião. Um verdadeiro campeão dentro e fora da jaula. Eu o conheço, o respeito e cresci assistindo suas lutas. Entre Conor e Georges, é claro que Georges é melhor para o meu legado. Porém, acho que o UFC forçará uma luta contra Conor em novembro (em Nova York)", contou Khabib.

De acordo com Nurmagomedov, o nome do irlandês foi o primeiro a surgir em sua cabeça quando a contusão e a saída de Tony Ferguson foram confirmadas. Conforme o russo, ele chegou a sugerir que Conor substituísse 'El Cucuy' no UFC 223. No entanto, Dana White teria vetado o combate por suposta exigência dos patrocinadores de McGregor.

"Eu perguntei onde estava o Burger King (Conor recentemente fechou parceria com a rede de fast food). Tragam o Burger King até aqui. Eu preciso desse cara. Ele tuitou há algumas semanas que estava se mantendo em forma. Cadê esse cara agora? Seis dias para bater o peso é o bastante. Não são dois ou três, são seis dias. Ele consegue bater o peso, tragam esse cara. Mas Dana disse que ele tinha que se manter bonito e apresentável, porque agora ele tem bons patrocinadores. Nós não podemos mudar o rosto dele", brincou o peso-leve.

Khabib Nurmagomedov é invicto com 25 vitórias e nenhuma derrota em sua carreira profissional. Em sua trajetória dentro do UFC, o russo já bateu nomes como o do ex-campeão Rafael dos Anjos, Michael Johnson, Edson Barboza e Gleison Tibau.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!