Topo

Esporte

Stephen Thompson critica possível chance de Dos Anjos por cinturão interino; entenda

Ag. Fight

02/04/2018 16h51

A última atuação de Stephen Thompson no MMA foi em novembro passado, quando ele venceu Jorge Masvidal no UFC 217. Depois disso, o americano passou por uma cirurgia para se recuperar de uma lesão em seus polegares e, agora recuperado e pronto para voltar ao octógono, 'Wonderboy' foi escalado para enfrentar Darren Till no card de estreia do show em Liverpool - evento marcado para o dia 27 de maio, na Inglaterra. No entanto, o número um do ranking garantiu que não está satisfeito com esse casamento.

Enquanto se prepara para encarar um adversário que desconhecia até pouco tempo atrás, Thompson vê os rumores aumentarem em relação a uma possível disputa entre Rafael dos Anjos e Colby Covington pelo cinturão interino da categoria dos meio-médios (77 kg). Em entrevista ao programa 'MMA Hour', o americano questionou o porquê de não ser considerado para esse duelo, já que é o próximo desafiante ao título, ao menos de acordo com o ranking.

"Estou chateado, porque sou o número um do ranking. Por que não estou disputando o cinturão interino? Dei grandes shows nas lutas pelo título e continuei como número um. Por que não estou nessa disputa? Por que os caras que estão abaixo de mim vão lutar pelo cinturão interino e eu não? Estou chateado com isso, mas é o que é. Não posso mudar isso agora. Acho que eles estão com as mentes fechadas. Tentamos falar com eles, questionamos: 'Por que o número três vai lutar pelo cinturão interino e eu vou lutar com Darren Till?'. Eles disseram que eu não ia estar nessa luta, não tinha jeito", indagou o americano.

"Nem sabia quem esse cara era quando me ofereceram pela primeira vez. Pensei: 'Quem é esse Darren Till?'. Ele ganhou um nome depois de nocautear Cerrone. Quem é esse número sete do ranking? Por que ele está passando na frente de todo mundo para lutar com o próximo desafiante ao cinturão? Por que não estou lutando com o número dois do ranking? Quando eu estava no segundo lugar do ranking, tive que lutar com o número um para poder ganhar uma chance de disputar o cinturão. Esse foi outro motivo para eu ter recusado a luta com Darren Till tantas vezes, porque queria essa luta com 'RDA'. Mas, literalmente, não tem mais ninguém para me enfrentar, além desse Darren Till. Por que vou lutar com esse cara, que eu nem sabia quem era, na casa dele? Mas ele está insistindo e vou fazer o meu melhor".

Em outras oportunidades, Thompson enfrentou Tyron Woodley pelo cinturão da categoria, mas não conseguiu superar o atual campeão no octógono. Em novembro de 2016, os atletas protagonizaram uma verdadeira guerra que terminou empatada depois dos cinco rotunda. Depois disso, em março de 2017, Wonderboy teve uma nova chance, mas foi derrotado por decisão majoritária dos juízes laterais.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte