Topo

Esporte

Brian Ortega revela que era "plano B" para salvar UFC 223

Ag. Fight

03/04/2018 08h00

No último dia 3 de março, Brian Ortega foi escalado para "tapar buraco" no UFC 222 contra Frankie Edgar, depois que Max Holloway se lesionou e precisou deixar o card, quando faltava cerca de um mês para o evento. Poucas semanas depois desse ocorrido, o americano quase esteve na mesma situação de novo, mas em uma divisão diferente.

Nesse domingo (1º), Dana White revelou que Tony Ferguson se machucou e estava fora do UFC 223 - evento marcado para este sábado (7), em Nova York (EUA). Quem entrou no lugar do americano na disputa de cinturão dos leves (70 kg) foi Max Holloway. Contudo, enquanto o havaiano não respondia o presidente do UFC se aceitava substituir 'El Cucuy' na luta principal do show, Ortega também foi opção para o Ultimate, de acordo com o lutador.

"Para registrar, Dana me ligou ontem para saber se eu enfrentaria Khabib porque Max não havia respondido ainda. Eu disse que sim. Eventualmente, Max respondeu e Dana lhe deu a luta. Se tudo sair como o planejado, terei a minha chance com os dois", revelou em sua conta no Twitter (veja abaixo ou clique aqui).

Apesar do pouco tempo para se preparar para a edição 222 do show, Ortega nocauteou Edgar ainda no primeiro round e deve ser o próximo desafiante de Holloway pelo título dos penas (66 kg). Com esse resultado, o americano chegou a sua sexta vitória consecutiva no UFC. Ao longo de sua carreira, 'T-City' se mantém invicto após terminar 14 confrontos com a mão erguida e ainda tem um confronto sem resultado em seu cartel.

For the record, Dana called me yesterday to see if I would step in against Khabib since Max hadn't responded yet. I said yes. Eventually, Max replied and Dana gave him the fight. If all goes according to plan, I'll get my turn - at both of them.

? Brian Ortega (@BrianTcity) April 2, 2018

Mais Esporte