Topo

Esporte

Joanna agradece compreensão de Namajunas após corte de peso problemático no UFC 217

Ag. Fight

Ag. Fight

03/04/2018 09h00

Ex-campeã peso-palha (52 kg) do Ultimate, Joanna Jedrzejczyk perdeu o cinturão quando encarou Rose Namajunas em novembro de 2017 no UFC 217. Até então invicta, a polonesa foi nocauteada no primeiro assalto da disputa e apontou um corte de peso problemático como principal fator responsável pela derrota. Em entrevista ao portal 'MMA Fighting', a atleta aproveitou para agradecer a compreensão da algoz em relação ao ocorrido.

De revanche agendada para o UFC 223 no próximo sábado (7) em Nova York, Joanna contou ter assumido todas as responsabilidades do atual camp para que não existam chances do mesmo problema se repetir. Durante sua participação no programa 'MMA Hour', a ex-campeã afirmou que não pagará novamente pelos equívocos de terceiros.

"Pelas duas últimas semanas eu nem tive tempo para mim mesma. Eu tinha que estar muito organizada para esse camp. Eu fiquei de olho em tudo, eu estou focada e dedicada para essa luta. Fiz tudo sozinha. Sei que fiz de tudo para vencer minha primeira luta com Rose Namajunas e paguei o preço mais caro pelo erro de alguém. Não quero que isso aconteça mais Alguém perguntou (a Rose) se ela acreditava que havia sido o corte de peso (o problema durante o primeiro confronto) e ela disse que sim. Obrigada por compreender. Somos todas lutadoras", agradeceu a polonesa.

Antes da derrota para Rose Namajunas, Joanna Jedrzejczyk defendeu o cinturão cinco vezes consecutivas. Em sua trajetória no UFC, a polonesa bateu Carla Esparza, Jessica Penne, Jéssica 'Bate Estaca' Andrade, Cláudia Gadelha e Karolina Kowalkiewicz, dentre outras.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte