Topo

Esporte

Saul 'Canelo' cancela revanche contra 'GGG' após flagra no doping

Ag. Fight

03/04/2018 16h41

Depois de semanas de tensão, rumores e polêmicas, o mexicano Saul 'Canelo' foi retirado da revanche contra Gennady Gennadyevich Golovkin, luta agendada para o dia 5 de maio, em Las Vegas (EUA). A anúncio foi feito pelo próprio atleta que, flagrado em um exame surpresa no início de março, concedeu entrevista coletiva em Los Angeles nesta terça-feira (3).

Visivelmente abatido, o atleta, que ainda será julgado pela Comissão Atlética de Nevada no dia 18 deste mês, anunciou que não poderá se apresentar no combate e que seguirá colaborando com as investigações sobre o teste positivo para o uso da substância Clenbuterol - utilizada para cortar gordura do corpo e manter a densidade muscular.

Na época do flagra, a equipe do pugilista de 27 anos alegou que a substância foi encontrada pelo consumo de carne bovina contaminada, caso que já foi registrado "dezenas de vezes" nos país latino. No entanto, o boxeador corre o risco de ser punido por até 12 meses caso condenado.

Durante o anúncio de seu corte, Canelo e Eric Gomez, presidente da 'Golden Boy Promotions', afirmaram que não existiria tempo hábil para provar sua inocência até o dia 18 de abril e ainda assim promover a revanche com 'GGG' de forma adequada. Desta forma, adiar o confronto e ajudar nas investigações seria o melhor a ser feito.

No primeiro duelo entre os pugilistas, realizado em setembro de 2017, um polêmico empate garantiu a rápida confirmação da revanche. Até o momento, não há confirmação de 'GGG' enfrentará outro adversário ou se o evento será cancelado.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte