Topo

Esporte

Khabib Nurmagoomedov mantém portas abertas para Ferguson: "Teremos que lutar"

Ag. Fight

05/04/2018 13h30

Antes que o UFC 223 seja realizado neste sábado (7), em Nova York (EUA), algumas mudanças precisaram acontecer. Originalmente, Tony Ferguson era o adversário de Khabib Nurmagomedov, mas uma lesão o tirou da luta principal da noite. Para salvar o show, Max Holloway enfrentará o russo pelo cinturão da categoria peso-leve (70 kg). No entanto, 'Eagle' ainda não superou a troca de oponentes.

Esta é a quarta vez que o confronto entre o russo e 'El Cucuy' é desmarcado às vésperas de um evento. E, apesar de Dana White garantir que não voltará a casar este duelo, o atual número dois do ranking da divisão ainda mantém a ideia de subir ao octógono contra Ferguson em mente. Em entrevista ao programa 'MMA Hour', Nurmagomedov questionou o que acontecerá caso ambos os atletas permaneçam no caminho de vitórias.

"Emocionalmente, ainda estou focado nele. Ainda estou um pouco focado nele. Todo esse tempo, estava treinando para ele, durantes esses meses. Quero esmagar a cara dele. Ainda quero essa luta. Às vezes temos um plano, mas Deus tem outro. É doidera. Acho que os fãs não acreditam mais nessa luta, depois disso. Dana disse que nunca vamos lutar, mas o que vai acontecer se continuarmos vencendo? Teremos que lutar", indagou o atual número dois do ranking oficial dos leves.

As outras marcações desse confronto também aconteceram por lesões de ambos os lutadores. O último cancelamento foi em março de 2017, quando Nurmagomedov teve problemas com o corte de peso e precisou ser hospitalizado. Dessa vez, seis dias antes do UFC 223, Ferguson rompeu o ligamento do joelho em um estúdio de televisão, enquanto cumpria seus compromissos com a mídia.

Mais Esporte