Topo

MMA

McGregor se recusa a perder cinturão e xinga UFC: "Não vão me destituir"

Sean M. Haffey/Getty Images/AFP
Conor McGregor se aquece antes de luta contra Floyd Mayweather Imagem: Sean M. Haffey/Getty Images/AFP

Ag. Fight

05/04/2018 11h14

Atual campeão peso-leve (70 kg) do UFC, Conor McGregor pode estar com os dias contados para ser destituído do seu título quando Khabib Nurmagomedov e o campeão peso-pena (66 kg) Max Holloway se enfrentarem pelo cinturão linear da categoria no próximo sábado. De acordo com o presidente do Ultimate, Dana White, o irlandês perderá a posição por inatividade. Apesar de não lutar desde novembro de 2016,  o falastrão discordou da decisão e afrontou a empresa em sua conta no Twitter nesta quinta-feira (5).

Em uma frase curta, o irlandês desafiou e até mesmo xingou seus superiores. Em referência a uma frase da ex-campeã peso-galo (61 kg) Ronda Rousey, que chamava suas adversárias de "Do-nothing bitches" (Vagabundas que não fazem nada), McGregor aplicou o mesmo termo para se referir aos patrões.

"Vocês não vão me destituir de nada. Vocês são um bando de babacas que não fazem nada", provocou o "Notorious" na rede social.

A atuação mais recente de Conor McGregor aconteceu fora do MMA. Em agosto de 2017, o irlandês enfrentou o astro Floyd Mayweather Jr. em uma superluta de boxe e foi nocauteado pelo adversário no décimo assalto. Apesar do empresário do europeu ter insinuado que o lutador deva retornar ao octógono em 2018, nada foi oficializado até então.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!