Topo

Esporte

Namajunas minimiza 'trash talk' e acredita que faz Joanna "surtar"; entenda

Ag. Fight

05/04/2018 11h49

O co-main event do UFC 223, que acontecerá neste sábado (7) em Nova York (EUA) será marcado pela primeira defesa do cinturão da categoria peso-palha (52 kg) de Rose Namajunas, justamente em uma revanche com Joanna Jedrzejczyk. Antes do primeiro encontro entre as atletas, a polonesa não economizou no 'trash talk' e tentou abalar a sua adversária de todas as maneiras. Em resposta, a atual campeã da divisão conquistou o título com um nocaute ainda no primeiro round do confronto. Para isso foi necessário manter a frieza, uma técnica que a americana espera manter para o reencontro.

De acordo com Namajunas, a ex-campeã abusou do falatório antes da primeira luta entre as atletas por medo. Em entrevista ao site 'FloCombat', a americana opinou que a sua presença fez Joanna surtar. Apesar de achar que a polonesa usará o mesmo artifício, a dona do cinturão garantiu que está com o psicológico ainda mais forte para a revanche.

"Acho que tirei essa intimidação dela na hora que ela soube sobre mim, mesmo antes da luta. Acho que ela estava surtando apenas com a minha presença, desde que entrei em cena. Fiz ela pirar desde o momento que comecei a ficar por perto. Não acho que isso vá mudar nessa luta. Estamos sempre melhorando o meu jogo. Melhorando as minhas reações, meus reflexos, trabalhando o meu psicológico. Está tudo certo para eu continuar como campeã", assegurou a americana.

Profissional desde 2013, a atual campeã tem sete atuações no octógono, com cinco vitórias e duas derrotas. No primeiro encontro com a polonesa, Joanna alegou que teve problemas com o corte de peso e, por isso, sua performance foi prejudicada. Pela sua personalidade mais respeitosa, Namajunas conquistou a torcida de outras lutadoras da categoria.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte