Topo

MMA

Dana White revela que ex-campeão do UFC recusou luta contra Nurmagomedov

Michael Reaves/Getty Images
Imagem: Michael Reaves/Getty Images

Ag. Fight

06/04/2018 08h00

A dança das cadeiras que culminou com a troca do oponente de Khabib Nurmagomedov para a luta principal do UFC 223, evento marcado para este sábado (7), não tinha como 'plano A' o nome de Max Holloway para o lugar do lesionado Tony Ferguson. No entanto, um ex-campeão dos pesos-leves (70 kg) recusou a chance de lutar pelo cinturão mais uma vez.

Eddie Alvarez, que nocauteou Rafael dos Anjos em julho de 2016 para garantir o título, que perderia em sua primeira defesa contra Conor McGregor em novembro daquele ano, teria recusado o convite do UFC. Com apenas seis dias de antecedência, provavelmente o americano teria problemas com o corte de peso para o combate.

"O primeiro cara que fomos atrás foi o Eddie Alvarez. Ele negou, então pensamos em Max Holloway. Ligamos para ele e para o Brian Ortega ao mesmo tempo. Ambos aceitaram mas, claro, o campeão tem prioridade. Mas o Ortega aceitou também", narrou o cartola.

Como competem na divisão dos penas (66 kg), Holloway e Ortega não teriam tantos problemas para baterem o limite da divisão dos leves e, possivelmente, isso pesou na decisão. Desta forma, havaiano pode se tornar o quinto lutador a conquistar dois cinturões em categorias diferentes no UFC - Randy Couture, BJ Penn, Conor McGregor e Georges St-Pierre concretizaram o feito antes dele.

.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!