Topo

Esporte

Após confusão e lesões, divisão do UFC pode ficar sem campeão; entenda

Ag. Fight

07/04/2018 06h00

A lesão no ligamento do joelho do campeão interino dos leves (70 kg) do Ultimate Tony Ferguson - no último domingo (1º) - deu início a uma semana infernal para o UFC 223. De lá para cá, não apenas o ataque de Conor McGregor ao ônibus dos atletas do corner vermelho do evento removeu mais três lutas do card na última quinta-feira (5), como o campeão peso-pena (66 kg) Max Holloway também foi impedido pelos médicos da Comissão Atlética de Nova York (NYSAC) de cortar mais peso para substituir 'El Cucuy' e o combate contra Khabib Nurmagomedov foi cancelado.

Após o ex-campeão dos leves Anthony Pettis não bater o peso e o americano Paul Felder ser proibido de lutar por não ser um atleta ranqueado, a tarefa de substituir o havaiano caiu sobre Al Iaquinta. 'Raging Al' estava previsto para enfrentar o 'Irish Dragon' no mesmo card - mas por ser o 12º colocado do ranking da divisão - acabou selecionado para a disputa contra o russo. Porém, caso seja o vencedor, o nova-iorquino não poderá ser o campeão da categoria pois ficou cerca de 100 gramas acima do limite máximo dos pesos-leves durante a pesagem oficial. Desta forma, apenas Nurmagomedov lutará pelo cinturão e se o norte-americano vencer, a categoria dos leves seguirá sem um 'campeão real'.

Afinal, Dana White garantiu repetidas vezes que Conor não é mais o campeão linear, e a julgar pelas recentes polêmicas, fica difícil acreditar que o irlandês seria mantido no posto apenas para não deixar a divisão sem um dono do título. Ainda mais depois da entrevista coletiva liderada pelo cartola em Nova York na última sexta-feira.

"O título está valendo e, até onde a Comissão diz, o Khabib é o único que pode ser campeão. Mas, para mim, se o Al Iaquinta vencer a luta, ele é o campeão. Eu, os fãs, todos nós sabemos que o campeão é quem vence o combate. Qualquer detalhe técnico será decidido depois da luta", ponderou o dirigente.

Curiosamente, Tony Ferguson, ainda lesionado, segue como dono do posto interino da categoria e, em caso de vitória de Iaquinta, deve ser o único dono de um cinturão. Isso mesmo sem lutar!

Confira abaixo o card completo do UFC 223

Khabib Nurmagomedov vs. Al Iaquinta

Rose Namajunas vs. Joanna Jedrzejczyk

Renato Moicano vs. Calvin Kattar

Zabit Magomedsharipov vs. Kyle Bochniak

Karolina Kowalkiewicz vs. Felice Herrig

Joe Lauzon vs. Chris Gruetzmacher

Bec Rawlings vs. Ashlee Evans-Smith

Evan Dunham vs. Olivier Aubin-Mercier

Devin Clark vs. Mike Rodriguez

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte