Topo

MMA

Dirigente do canal Showtime critica UFC e Dana White responde

Alex Trautwig/Getty Images
Imagem: Alex Trautwig/Getty Images

Ag. Fight

08/04/2018 14h58

O adversário de Khabib Nurmagomedov mudou três vezes antes que a luta principal do UFC 223 - evento realizado nesse sábado (7), em Nova York (EUA) - saísse do papel. Depois de tantas reviravoltas, Al Iaquinta foi escalado para o combate que valeria o cinturão dos leves (70 kg) apenas para o russo, uma vez que ele foi o único a atingir o peso exigido para uma disputa de título. No entanto, Dana White, presidente do show, afirmou durante coletiva de imprensa que o americano, caso vencesse, seria tratado como uma espécie de campeão moral, mesmo que a Comissão Atlética não o reconhecesse. E foi o que bastou para que Stephen Espinoza, vice-presidente do canal Showtime, ironizasse a postura da maior organização de MMA do mundo.

Apesar do comunicado oficial do UFC deixar claro que apenas Khabib pudesse ser campeão, a fala de Dana White foi interpretada como uma afronta às regras e, por isso, gerou críticas instantâneas do dirigente do canal de televisão, que usou o caso para acusar o Ultimate de não seguir regras e agir da forma que bem entender de acordo apenas com os interesses da organização.

"E eles alegam que o boxe não tem regras. Nunca vi uma luta de boxe que permitisse que os dois atletas poderiam ganhar o título, mesmo que um deles tenha falhado na pesagem. Parabéns, UFC. Você ultrapassou o boxe em termos de ilegalidade. Mas para que se importar em seguir as regras quando elas não te ajudam? Não tenho problema nenhum com os lutadores. Meu problema é com a organização que quase se declara melhor que a pesagem", ironizou o promotor de boxe, em sua conta no Twitter (veja abaixo ou clique aqui).

Durante a entrevista coletiva após o UFC 223, o presidente do UFC minimizou os comentários de Showtime. Ao ser perguntado sobre as declarações de Espinoza, White atacou: "Não quero dar nenhuma publicidade para esse cara, porque é isso que ele quer. Mas isso é sujo, esse rato viscoso do Espinoza falando: 'Oh, nós quebramos as regras e outras m***'. Continue tentando ser a HBO e não se preocupe com a p*** do que estamos fazendo. Seu rato imundo", finalizou.

And they claim boxing is lawless.

Never heard a boxing match declared a title fight for both fighters even though one fighter failed to make weight.

Congrats, UFC. You've far outdone boxing in terms of shadiness. But why bother adhering to rules when you don't feel like it? https://t.co/w5JeUoDNKI

Stephen Espinoza (@StephenEspinoza) April 7, 2018

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!