Topo

MMA

Joanna Jedrzejczyk contesta derrota e exalta próprio recorde no UFC

Ed Mulholland/AFP
Joanna Jedrzejczyk ficou inconformada com a derrota Imagem: Ed Mulholland/AFP

Ag. Fight

08/04/2018 06h00

A co-luta principal da noite do último sábado (7) colocou frente a frente Joanna Jedrzejczyk e Rose Namajuns em uma das revanches mais aguardadas dos último tempos. E após cinco rounds de muita luta em pé, a americana manteve seu cinturão dos pesos-palhas (52 kg), apesar da reclamação da rival polonesa.

Visivelmente inconformada ainda no octógono após o anúncio do resultado, Joanna não escondeu sua insatisfação durante a coletiva de imprensa. No entanto, ela fez questão de dizer que, apesar de se enxergar como a vitoriosa, não irá reclamar da derrota e irá aceitar a decisão dos jurados laterais.

"Me sinto bem, estou orgulhosa da minha performance, estou bem e com bom humor. Não é como da outra vez. Quando ouvi o Bruce Buffer falar os números dos rounds eu estava: 'Ok, pensava que seria dividida'. Mas quando ouvi os números fiquei surpresa. Números não mentem, eu acertei muito mais golpes", narrou diante dos jornalistas presentes.

Garantindo ser uma lutadora diferente após a sua derrota de novembro passado, Joanna, que de fato se comportou de forma bem mais amena do que de costume ao longo da semana da luta, só deixou a humildade um pouco de lado ao mencionar o seu legado.

Campeã por anos, a polonesa defendeu seu título em cinco oportunidades, uma a menos do que Ronda Rousey, recordes históricos entre as mulheres da organização. E a julgar pela sua confiança nas marcas, ninguém deve chegar perto delas em um futuro próximo.

"Se eu soubesse que estavam marcando a luta assim, não deixaria nas mãos dos juízes. Sinto que poderia fazer mais. Senti que estava vencendo a luta. Não estou reclamando, sou uma lutadora diferente Fui a campeã por muito por uma razão. Acho que ainda não nasceu uma lutadora que vai empatar com meu recorde ou com o de Ronda", finalizou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!