Topo

MMA

Nurmagomedov atropela, conquista cinturão que foi de McGregor e desafia GSP

Ed Mulholland/AFP
Khabib Nurmagomedov garantiu o cinturão dos pesos-leves Imagem: Ed Mulholland/AFP

Ag. Fight

08/04/2018 02h26

Depois de muitas polêmicas, inclusive com um inusitado ataque de Conor McGregor a um ônibus do UFC, e trocas de adversários em cima da hora, o russo Khabib Nurmagomedov finalmente garantiu o cinturão dos pesos-leves (70 kg) ao vencer Al Iaquinta neste sábado (7) e ampliar seu cartel invicto para 26 disputas. Desta forma, Conor McGregor deixa de ser o campeão da categoria de forma oficial.

Estrela principal do UFC 223, evento realizado em Nova York (EUA), o russo, que iria enfrentar Tony Ferguson, que se lesionou seis dias antes do show, viu o campeão peso-pena (66 kg) Max Holloway ser escalado para enfrentá-lo. No entanto, na véspera do evento, o havaiano foi vetado pelos médicos da Comissão Atlética de Nova York e substituído por Al Iaquinta. Nada, porém, que abalasse a confiança de Nurmagomedov.

Ao final da disputa, que durou os 25 minutos previstos, o russo aproveitou para agradecer seu time, provocar Conor McGregor e desafiar Georges St-Pierre para uma superluta em novembro, na cidade de Nova York.

"Não sei como eu me sinto. Isso tudo é por causa do meu pai. O meu treinador me ensinou muitas coisas, ele é um cara incrível para mim. Ninguém tem o que eu tenho, tenho o melhor time de todos. Somos uma família, pessoas humildes. Todos me trouxeram até aqui. Quero enfrentar o Georges St-Pierre, quero fazer isso aqui em Nova York. Al Iaquinta é incrível. Cadê o Conor? Muito obrigado! 26 vitórias, estou invicto. Nada mudou com essa mudança de adversários. Tenho que agradecer o Al Iaquinta. É só uma questão de estilos. Conor, se você quiser, toma uma água e vamos lá. Luto com qualquer um, pode ser o Conor"

A luta

Como de costume, o russo estudou o adversário nos instantes iniciais e, uma vez que dominou o raio de ação, mergulhou em uma tentativa de queda precisa. Por cima, o domínio no ground and pound, principal característica de Khabib, fizeram o americano parecer um atleta indefeso, buscando apenas sobreviver até o final da etapa.

No segundo round, mais do mesmo. Uma queda bastou para que, uma vez por cima, o russo não mais deixasse a disputa voltar em pé e dali imprimisse ritmo capaz de liquidar o combate a qualquer momento. No entanto, o americano vendeu caro e, mesmo dominado, não se abateu e resistiu bravamento até o final da etapa.

Na terceira e quarta etapas, Nurmagomedov diminuiu o ritmo, mas não o castigo. Já sem a pressão inicial, o russo não conseguiu derrubar o wrestler americano de novo e optou por lutar em pé, onde conectou dezenas de jabs e alguns cruzados, por vezes acompanhados de chutes altos. Ampla vantagem do russo.

Os últimos cinco minutos foram marcados pela volta do domínio de Khabib no solo. Por cima, o russo golpeou como quis e ainda tentou um estrangulamento, mas seu rival mais uma vez se defendeu de todas as formas e, embora ensanguentado, levou a disputa até o final dos 25 minutos. Um feito e tanto!

Acompanhe os resultados do UFC 223:

Khabib Nurmagomedov venceu Al Iaquinta por decisão unânime;
Rose Namajunas venceu Joanna J?drzejczyk por decisão unânime;
Renato 'Moicano' venceu Calvin Kattar por decisão unânime;
Zabit Magomedsharipov venceu Kyle Bochniak por decisão unânime;
Chris Gruetzemacher venceu Joe Lauzon por interrupção médica ao final do 2º round;
Karolina Kowalkiewicz venceu Felice Herrig por decisão dividida;
Olivier Aubin-Mercier nocauteou Evan Dunham no 1º round;
Ashlee Evans-Smith venceu Bec Rawlings por decisão unânime;
Devin Clark venceu Mike Rodriguez por decisão unânime.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!