Topo

Esporte

Campeã do UFC narra carrossel de emoções durante ataque de McGregor

Ag. Fight

Ag. Fight

09/04/2018 16h11

No último sábado (7), Rose Namajunas encarou Joanna Jedrzejczyk no UFC 223 e defendeu pela primeira vez o cinturão peso-galo (61 kg) ao derrotar a ex-campeã na decisão unânime dos juízes. Como se não bastasse o difícil duelo contra a atleta ainda considerada por muitos como a melhor da categoria, a americana teve que superar um outro obstáculo. Isso porque, as emoções e o nervosismo quase dominaram a lutadora, que estava dentro da van do Ultimate atacada por Conor McGregor na última semana.

Durante uma entrevista no programa 'The MMA Hour' nessa segunda-feira, Rose contou que viveu momentos de tensão dentro da van do UFC. De acordo com a americana, ninguém sabia o que de fato o que se passava - muito menos que era McGregor o responsável pelo ataque ao veículo.

"No início eu não sabia o que estava acontecendo. Eu não sabia que era o Conor até um tempo depois. Aí eu imaginei que estavam atrás do Khabib ou algo assim. Mas na hora eu não sabia se era um ataque terrorista ou o que estava acontecendo. E todo mundo dentro da van queria ir lá fora brigar com eles. E eu só pensava que eu queria sair dali o mais rápido possível. Foi muito estúpido na verdade. Eu só quero ter uma luta, não quero brigar na rua", narrou, antes de revelar que o episódio a deixou mais nervosa que o normal na hora em que entrou no octógono do UFC,jáno sábado.

"Eu estava muito ansiosa, eram muitas emoções. Acho que tive um pico de adrenalina antes da luta. Conor, Khabib, toda aquela história. Eu não sabia se seria o evento principal ou co-principal. Antes da luta começar, eu estava com meus punhos fechados com tanta força que minha mão chegou a sangrar. Acho que por um lado foi bom para acostumar a minha mente que essa não seria uma luta fácil. Mas também foi difícil aceitar isso... Mas eu consegui", afirmou.

Rose foi a primeira atleta a derrotar Joanna. Em novembro passado, a americana nocauteou a polonesa no 1º round para conquistar o cinturão da categoria. Agora, apenas cinco meses depois, a campeã voltou a vencer a rival em um duelo valendo o título da divisão.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte