Topo

Esporte

Iaquinta pede por revanche com Nurmagomedov: "Eu o encontrarei de novo"

Ag. Fight

09/04/2018 16h24

Após aceitar o combate contra Khabib Nurmagomedov na véspera do UFC 223 e ser derrotado em todos os rounds do duelo, Al Iaquinta não fecha as portas para uma possível revanche contra o atual campeão peso-leve (70 kg) do Ultimate. Em entrevista ao portal 'TMZ', o norte-americano explicou não ter nenhuma lesão grave apesar do rosto avariado.

Por ter se preparado para uma luta de três assaltos e contra um oponente completamente diferente - o compatriota Paul Felder -, Iaquinta acredita que um segundo encontro com o russo seria diferente. Na opinião do nova-iorquino, poder se preparar especialmente para o arsenal do 'The Eagle' faria completa diferença.

"Se ele continuar no topo, eu o encontrarei de novo, com certeza. Eu creio que sim. Muitas pessoas pensavam que eu tinha apenas a chance de um golpe. Nos dois primeiros rounds eu estava com essa mentalidade, de tentar acertá-lo com um soco só em vez de batê-lo. Meu wrestling é bom. Eu quase consegui concluir um single leg e acho que deveria ter continuado, mas eu desisti para tentar socá-lo porque queria o nocaute. Se eu tivesse feito um camp (para Khabib), eu teria outra mentalidade. Seria uma luta completamente diferente", relatou 'Raging Al'.

Antes de perder para Khabib, Al Iaquinta vivia uma fase positiva dentro do octógono. A derrota para o russo interrompeu uma série de cinco triunfos consecutivos sobre Diego Sanchez, Jorge Masvidal, Joe Lauzon, Ross Pearson e Rodrigo Damm, quatro dessas vitórias foram por nocaute.

Mais Esporte