Topo

Esporte


Após derrotas no UFC, Joanna Jedrzejczyk mira luta-teste em nova divisão

Ag. Fight

11/04/2018 17h33

Após passar anos invicta no esporte e defender o cinturão peso-palha (52 kg) do UFC por cinco vezes consecutivas, Joanna Jedrzejczyk perdeu a invencibilidade e o título para Rose Namajunas. Alguns meses depois, a polonesa voltou a encarar a americana e foi superada novamente, desta vez por pontos. Agora, ao que parece, as duas derrotas seguidas ligaram um alerta na cabeça da ex-campeã. Afinal de contas, a lutadora admitiu a possibilidade de mudar de categoria.

Durante uma entrevista ao site 'MMA NYTT', Joanna deixou no ar a hipótese de se apresentar nos pesos-moscas (57 kg). De acordo com a polonesa, os cortes de peso para os 52 kg da categoria dos palhas vão ficando cada vez mais difíceis após tantos anos no esporte. Mas, mesmo com a possibilidade de subir de divisão, a atleta fez questão de deixar claro que a sua meta ainda é recuperar o cinturão que um dia foi seu.

"Definitivamente essa seria uma solução mais saudável. Depois de 15 anos no esporte, o meu metabolismo está desgastado. Nós temos alguns limites e, mesmo que acredite que limites estão apenas na nossa cabeça, o tempo passa. Mas ainda me sinto jovem, meu último camp foi o melhor da minha carreira. Vamos ver, talvez eu faça uma luta de estreia nos pesos-moscas. Mas recuperar o cinturão peso-palha ainda é definitivamente o meu objetivo", afirmou.

Joanna chegou ao UFC em 2014 e conquistou o cinturão dos palhas logo no ano seguinte. Aos 30 anos de idade, a polonesa coleciona na carreira um cartel com 14 vitórias e duas derrotas. Antes de competir no MMA, a atleta foi campeã mundial de muay thai.

 

Mais Esporte