Topo

MMA

Americano narra como planejou acender cigarro de maconha durante UFC

Isaac Brekken/Getty Images
Imagem: Isaac Brekken/Getty Images

Ag. Fight

17/04/2018 13h47

No UFC Phoenix - evento que aconteceu nesse sábado (14), nos Estados Unidos - Sean O'Malley não pisou no octógono, mas não deixou de chamar a atenção no show. Como convidado na área reservada para a organização na plateia da arena, 'Sugar' repetiu os passos de Nate Diaz e simulou que acendia um cigarro de maconha quando foi filmado pelas câmeras do Ultimate. Depois do gesto, o americano explicou que tudo foi premeditado.

Em entrevista ao programa 'MMA Hour', a promessa do peso-galo (61 kg) no UFC contou que tentou disfarçar a sua ideia dos responsáveis pela filmagem para que, assim, conseguisse colocar seu plano em prática. Além disso, O'Malley ressaltou ter perguntado para Mackenzie Dern - que estava sentada ao seu lado - se a peso-palha (52 kg) se incomodaria com o gesto.

"A gente sentou bem na seção do UFC, então imaginei que fossem me filmar. Eles avisaram que nos filmariam em breve e eu pensei que seria o momento perfeito. Continuei sorrindo para a oficial do UFC, Heidi Dean, que foi quem nos avisou que seríamos filmados. Sabia que ela não ficaria feliz com o que eu faria, mas ela também não ficou tão brava. Ela fez a contagem e eu continuei sorrindo para ela, ela não fazia ideia do porquê. Falei com ela antes. Eu a alertei. Ela respondeu: 'Tudo bem'. Mackenzie é legal. Ela treina na MMA Lab por três anos, então nos conhecemos", garantiu o Sean.

Em fevereiro passado, Diaz fez a mesma simulação ao ser capturado pelas câmeras do UFC Austin. Vale lembrar que em alguns estados dos Estados Unidos, o uso da maconha é permitido para uso recreativo. No Arizona, no entanto, o consumo da erva é legalizado apenas para fin medicinais. Já no aspecto esportivo, por estar fora do período de competição, O'Malley não deve ser penalizado pela USADA (agência de antidopagem americana).

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!