Topo

MMA

Ex-campeão do UFC questiona legitimidade do cinturão de Nurmagomedov

AP Photo/Julio Cortez
Khabib Nurmagomedov comemora vitória sobre Michael Johnson no UFC 205 Imagem: AP Photo/Julio Cortez

Ag. Fight

Ag. Fight

25/04/2018 12h03

A luta principal do UFC 223 - evento realizado no dia 7 de abril, em Nova York (EUA) - sofreu diversas reviravoltas às vésperas do show. Originalmente, Khabib Nurmagomedov estava escalado para enfrentar Tony Ferguson, que se lesionou e foi substituído por Max Holloway. No entanto, como o atual campeão dos penas (66 kg) teve apenas seis dias para realizar o corte de peso, a Comissão Atlética de Nova York o proibiu de continuar o processo no dia da pesagem. O escolhido para disputar o cinturão dos leves (70 kg) com o russo foi Al Iaquinta - que ocupa a décima colocação no ranking oficial da divisão -, o que para Eddie Alvarez desmerece o título de 'Eagle'.

Para o ex-campeão dos leves, a participação do russo no evento deveria ser cancelada após a lesão de Ferguson. Em entrevista ao programa 'MMA Hour', o fato do UFC oferecer o duelo para 'qualquer outro lutador' faz com que o cinturão perca o sentido. Além disso, Alvarez ainda defendeu que é conveniente para o Ultimate ter Nurmagomedov como o dono do título, já que a organização quer expandir o seu mercado para a Rússia.

"Quem eu mais quero de todos eles é Khabib e não tem nada a ver com o título. Apenas acho que ele é o lutador mais valioso. Ele é invicto, então tem essa mística sobre ele nunca ser derrotado, o que empolga ainda mais. Se o Philadelphia Eagles se apresenta para o Super Bowl e o New England Patriots não aparece, você não chama o terceiro lugar para jogar. Você espera e é paciente. Você não pode chamar os terceiros, quartos, quintos para uma disputa de título. É bem besta, na verdade. Torna o cinturão sem sentido", atacou o ex-campeão.

"Sabe sobre o que ninguém está comentando? Khabib falou sobre campeões falsos, falsos cinturões, que tudo é falso. Ninguém fala que eles queriam dar o cinturão para ele por causa do apoio russo. A Rússia vai se tornar um mercado em breve, então é conveniente dar o cinturão para o Khabib. Agora, o cara que achava tudo falso tem o cinturão. Eles deveriam apenas dar para ele, para ser honesto. Parece isso mesmo".

Depois de se tornar o novo campeão dos leves, Nurmagomedov já apontou uma nova data para defender o seu posto. De acordo com o russo, a sua primeira defesa de cinturão poderia acontecer em dezembro, contra o adversário que o UFC lhe oferecer. Sem que tenha sido derrotado como profissional, Eagle sustenta um cartel invicto, com 26 vitórias.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!