Topo

MMA

Lutador com deficiência disputará chance no UFC em programa de Dana White

Ag. Fight

26/04/2018 10h24

O UFC está a um passo de, pela primeira vez, contratar um atleta com deficiência. Nick Newell, que tem uma amputação congênita no braço esquerdo, vai participar da próxima temporada do "Tuesday Night Contender Series", programa em que lutadores se enfrentam em busca de impressionar Dana White, presidente do Ultimate, e ganhar uma oportunidade nos eventos oficiais da organização.

Newell, peso leve (70 kg) que tem 14 vitórias e uma derrota na carreira, havia se afastado dos combates em 2015, após vencer quatro de cinco lutas no WSOF, mas retornou em março deste ano, derrotando Sonny Luque por finalização no LFA 35. O atleta disse estar pronto para chegar ao principal evento de MMA do mundo. "Quero agradecer a Dana White, Sean Shelby e Mick Maynard por acreditarem em mim e me darem uma oportunidade. Ainda tenho que ir lá e corresponder. Estou grato pela chance", declarou, ao site "MMA Fighting".

O empresário de Nick, Ali Abdel-Aziz, declarou que o Ultimate "acabou de realizar um dos maiores sonhos" do atleta. Mas nem sempre a organização teve tanta confiança no potencial dele. Em 2013, quando o lutador estava invicto em nove lutas, Dana afastou a possibilidade de contratá-lo, em entrevista ao site "TMZ Sports". "Com duas mãos já é difícil no UFC. Me diga alguém relevante que ele venceu, e vamos falar sobre trazê-lo. O garoto é talentoso, tem muita raça. Eu não quero vê-lo se machucar. Ninguém quer. Seria ruim para todo mundo", afirmou.

A única derrota da carreira de Nick foi em 2014, na disputa do título dos leves do WSOF, contra Justin Gaethje - atual número 7 da categoria no UFC. Na ocasião, ele acabou nocauteado aos 3min09s do segundo round.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!