Topo

Esporte

Comissão de Nova Jersey nega recurso e mantém derrota polêmica de Dvalishvili no UFC

Ag. Fight

Ag. Fight

27/04/2018 16h36

Merab Dvalishvili protestou, mas vai continuar com duas derrotas em duas lutas no UFC. A Comissão Atlética de Nova Jérsei (NJSAC) negou o recurso impetrado pelo atleta em relação ao resultado do combate contra Ricky Simon, no último sábado (21), no UFC Fight Night 128.

Em carta assinada pelo comissário Larry Hazzard e endereçada ao empresário de Merab, Matthew Culley, a NJSAC informou que não encontrou um "erro evidente e palpável" por parte do árbitro Liam Kerrigan ? única maneira protocolar de revisar uma decisão oficial. Segundo o documento, Kerrigan identificou que, logo após separar os lutadores, Dvalishvili perdeu a consciência momentaneamente, voltando a si pouco depois. "O fato de uma decisão ter sido questionada não faz dela incorreta", escreveu.

Hazzard também explicou o motivo de Bruce Buffer, locutor do evento, ter declarado nocaute técnico, e não derrota por finalização, como seria comum nestas situações. "Em Nova Jersey, consideramos esta decisão como um TKO via submissão técnica. Acredito que Buffer, devido à pressão da transmissão, anunciou a decisão simplesmente como TKO. Ele não aguardou o fiscal da comissão terminar de escrever a decisão oficial", acusou.

Uma das principais revelações da academia Serra-Longo, Dvalishvili chegou ao UFC com sete vitórias e duas derrotas, mas perdeu para Frankie Saenz em dezembro de 2017 e, agora, para Ricky Simon.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte