Topo

Esporte

Após vencer em estreia, amigo de McGregor esbanja confiança: "Finalizo qualquer um"

Ag. Fight

Ag. Fight

30/04/2018 07h00

Nesse sábado (28), Dillon Danis fez a sua estreia no MMA e finalizou Kyle Walker ainda no primeiro round do Bellator 198. Depois da sua primeira atuação como profissional, o amigo de Conor McGregor mostrou que tem em quem se espelhar no que se trata de confiança no cage e garantiu que está pronto para finalizar qualquer adversário que seja escalado para enfrentá-lo em sua carreira.

Após a performance, o ex-campeão do UFC usou suas redes sociais para parabenizar o amigo. Mesmo estreando como profissional em um evento encabeçado por Fedor Emelianenko e Frank Mir, Danis afirmou ter carregado o card completo da organização "nas costas". Durante a entrevista após a vitória, o americano assegurou ter protagonizado o segundo maior combate da história do Bellator ? sem revelar qual considera o maior ? e disse que nunca questionou se conseguiria finalizar Walker.

"Estou feliz com a minha performance. Foi a minha primeira luta. Eu vim até aqui, carreguei todo o card nas minhas costas, fiz toda a mídia. Essa é a segunda maior luta na história do Bellator. Quantas pessoas estreiam assim? Disse que finalizaria ele no primeiro round e fiz isso. Visualizo esse momento desde os meus 15 anos, vi isso 10 milhões de vezes na minha cabeça", analisou o amigo de McGregor.

"Foi bom mostrar para todos que não vou me esconder. Estou aqui para lutar. Ando para frente, enfrento os meus adversários. Levei ele para o chão e o finalizei. Acho que as minhas habilidades são suficientes para finalizar qualquer um no mundo. Só preciso levar a pessoa para o chão e acabou", falou..

Apesar de McGregor acompanhar a atuação do amigo, ainda não se sabe quando Danis poderá fazer o mesmo pelo irlandês. A última atuação do 'Notorious' foi em novembro de 2016, quando conquistou o cinturão dos leves (70 kg), mas foi destituído do posto sem realizar nenhuma defesa do título. Sem que haja uma previsão de quando voltará a subir ao octógono, o ex-campeão do UFC se envolveu em uma confusão às vésperas da edição 223 do Ultimate - evento realizado no dia 7 de abril, em Nova York (EUA) - e aguarda pelo seu julgamento, marcado para o dia 14 de junho.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte