Topo

MMA

Sem foco em cinturão, Demian Maia revela meta para final de carreira no UFC

Brunno Carvalho/UOL
Demian Maia engatou uma sequência negativa Imagem: Brunno Carvalho/UOL

20/05/2018 08h00

Aos 40 anos de idade, Demian Maia já conquistou praticamente tudo em sua carreira. Campeão de jiu-jitsu e submission, o atleta ainda disputou o cinturão do UFC em duas categorias de peso diferentes. No entanto, não é a briga pelo cinturão que motiva o veterano atualmente.

Após ser superado por Kamaru Usman na luta principal do UFC Chile, evento realizado no último sábado (19), o paulista engatou uma sequência negativa de três duelos que obviamente o afastam,e muito, de uma briga pelo cinturão. Ciente disso, Demian revelou qual seu grande foco no momento.

"Não é minha preocupação . Se eu pudesse, gostaria de bater recorde de finalizações do UFC. Com certeza, eu gostaria. Quero ter mais algumas vitorias, mas não é o cinturão não é o foco", afirmou, levantando um fato curioso.

Com nove vitórias por finalização no UFC, Demian está a dois triunfos de igualar o recorde de Royce Gracie. No entanto, ele possui mais três lutas no contrato, o que abre a possibilidade para, caso tudo ocorra bem, ele de fato quebrar a marca história estabelecida ainda em 1994.

Para isso, porém, ele precisa fazer as pazes com a vitória e espantar a má fase. "Estilos fazem lutas. Lutei com três caras que são as lutas mais duras para mim na categoria, com certeza. O Woodley, que é o campeão, o Colby, que vai lutar pelo título interino, e o Kamaru, que acho que em breve vai disputar. Todos são all american de wrestling", analisou.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!