Topo

Esporte

Desconfiado de juízes americanos, Joshua pede por duelo com Wilder no Reino Unido

Ag. Fight

Ag. Fight

21/05/2018 17h59

Anthony Joshua está decidido a enfrentar Deontay Wilder, mas apenas sob suas condições. Foi dessa forma que o detentor dos cinturões da Associação Mundial, da Federação Mundial, da Organização Mundial e da Organização Internacional de Boxe reagiu, em entrevista à rádio 'Capital FM South Wales', do País de Gales, à informação de que o staff de Wilder planeja a superluta para Las Vegas, em novembro.

Os rumores de uma luta entre Joshua e o campeão do Conselho Mundial de Boxe cresceram depois da vitória do inglês contra Carlos Takam, em outubro de 2017 ? sua primeira luta depois da histórica vitória sobre Wladimir Klitschko. Segundo o atleta, a estrutura que circunda o boxe norte-americano não é confiável.

"É nessa situação que eu estava pensando. Eu digo a todos os britânicos que me apoiam que vou fazer o melhor para que essa luta aconteça no Reino Unido. Há muito tempo eu estou interessado em enfrentar Wilder, porque quero tomar os seus cinturões. Existe um risco, mas é esse meu plano. Mas, primeiro: como eu disse, eu quero fazer esta luta para os meus fãs aqui, e em segundo lugar, se eu for lá, tem uma série de arapucas por lá. Árbitro, juízes laterais...", narrou.

Como não poderia deixar de ser, Joshua previu mais uma vitória marcante em sua carreira. O invicto inglês, que, em sua última luta, venceu pela primeira vez na decisão dos juízes, disse estar decidido a nocautear o também peso-pesado invicto Deontay.

"Não tenho nada a perder. Eu vou infernizá-lo. Vou destruí-lo. Eu definitivamente posso ir ao inferno e voltar. Eu gosto disso, também", declarou.

Wilder também ainda não sabe o que é uma derrota na carreira profissional. O americano, medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Pequim 2008, tem 40 triunfos, apenas um por decisão. Por sua vez, Joshua, campeão dos Jogos de Londres, em 2012, acumula 21 triunfos nos ringues.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte