Topo

MMA

Till se diz "envergonhado" por não bater peso e pede chance a Thompson

William Lucas/Inovafoto
Darren Till comemora vitória sobre Wendell Oliveira em 2015 Imagem: William Lucas/Inovafoto

Ag. Fight

28/05/2018 07h00

Depois da decisão controversa com a qual venceu Stephen Thompson no UFC Liverpool, neste domingo (27), Darren Till surpreendeu. Na entrevista coletiva após o evento, o inglês afirmou que seu adversário merece mais do que ele uma oportunidade de disputar o cinturão linear. Till afirmou estar "envergonhado" por não ter conseguido bater o peso da categoria meio-médio (77 kg).

Além de mencionar Rafael dos Anjos ou Colby Covington, que disputam o título interino da divisão no UFC 225, dia 9 de junho, o britânico citou também o nome de Kamaru Usman como alguém merecedor da chance. O nigeriano venceu Demian Maia no UFC Chile, no último dia 19.

"Eu não bati o peso, então não acho que eu mereça um title shot. Acho que Stephen merece. Seja quem vença o título interino, talvez Stephen ou Usman. Eles merecem mais. Eu ainda quero ganhar de todos na categoria. Quero voltar e deixar essa coisa do peso para trás", declarou.

"Sinto como se minha vitória pudesse ser um pouco maior agora, se eu tivesse batido o peso. Vou tirar um tempo off. Independente de vitória ou derrota, vou tirar um tempo, porque estou envergonhado. Sou profissional, sou um cara grande para a divisão, e tenho que ter mais controle. Já bati o peso antes", acrescentou.

Till afirmou também que gostaria de voltar a Liverpool em um evento que poderia ser realizado no estádio Anfield, onde joga o clube de futebol Liverpool FC. No entanto, o presidente do UFC, Dana White, disse na coletiva que o inglês deve lutar em Las Vegas.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!