Topo

Esporte

Por problemas nos olhos, Bisping anuncia aposentadoria do MMA

Ag. Fight

29/05/2018 10h30

Michael Bisping anunciou oficialmente, na última segunda-feira (28), o encerramento de sua carreira como lutador de MMA. Em seu podcast, 'Believe You Me', o inglês afirmou que os problemas em seu olho tiraram dele as condições de continuar.

O ex-campeão dos médios (84 kg) do UFC revelou que pretendia parar de lutar em junho de 2016, caso perdesse para Luke Rockhold na disputa do título da categoria. Como venceu o cinturão, adiou os planos. Mas, depois de seu último combate, um nocaute sofrido para Kelvin Gastelum, surgiu uma nova preocupação relacionada à sua visão. Ele contou que tem notado 'flashes'.

"E percebi que não tinha flash. É só o meu olho, e a cada vez que olho para esquerda, vejo um flash. E faz isso até quando está escuro. Está claro agora, então não consigo ver. Então, comecei a enlouquecer, pensando 'Meu Deus, não acredito nisso: tenho um descolamento de retina no meu olho bom e tenho problemas com meu olho ruim", falou.

Segundo Bisping, médicos descobriram que a situação é causada pelo descolamento do vítreo do olho esquerdo, e que isso pode favorecer um descolamento de retina, o que já aconteceu no olho direito, no nocaute sofrido contra Vitor Belfort, em 2013. Já abalado por esta questão, o britânico declarou que o filme 'Journeyman' definiu sua decisão. Na obra, um lutador sofre de graves problemas mentais e físicos por causa de uma lesão cerebral sofrida numa combate no fim da carreira.

"Eu estava vendo esse filme ontem à noite e pensei: 'Não vale a pena'. Não vale a pena. O que mais eu vou fazer? Já ganhei o título, já tive várias vitórias, já fiz tudo o que estabeleci para conquistar. Qual a lógica de chutar cachorro morto? Não que eu seja um, mas qual a lógica? Você precisa saber quando ir embora. Tenho quase 40 anos. A hora é agora. Quero, antes de tudo, agradecer a minha esposa. Sem ela, nada disso teria acontecido. Ela foi incrível em cada passo desta jornada. Agradecer a meus filhos, meu pai. Meu pai foi maravilhoso. E, claro, a todos que me apoiaram no Reino Unido e ao redor do mundo. Então, é isso. Grande carreira. Obrigado a todos", declarou.

Bisping encerra a carreira com 30 vitórias e nove derrotas. Nas últimas duas lutas, contra Georges St-Pierre e Gastelum, foi vencido. Antes, porém, o inglês havia emendado cinco triunfos consecutivos contra CB Dollaway, Thales Leites, Anderson Silva, Luke Rockhold e Dan Henderson.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte