Topo

MMA

Ex-UFC dá aulas de MMA em 1º curso de operações especiais para mulheres

Josh Hedges/Zuffa LLC
Cristiano Marcello durante luta contra japonês Kazuki Tokudome em 2013 Imagem: Josh Hedges/Zuffa LLC

Ag. Fight

31/05/2018 06h00

Acompanhado das lutadoras Bethe Correia, Kinberly Novaes e Thaiane Souza, o faixa-preta de jiu-jitsu Cristiano Marcello ajuda a fazer história na cidade de Curitiba. Pela primeira vez no Brasil um grupo de policiais mulheres participa de um curso de operações especiais, e o ex-atleta do UFC e do Pride é um dos coordenadores responsáveis.

Em meio a diversos treinamentos de tiro, gerenciamento de crise e de variadas estratégias operacionais, as 28 policiais selecionadas também passarão pelo curso de artes marciais ministrado pelo ex-lutador, que introduziu não apenas técnicas de defesa pessoal, como também de MMA na etapa de combate desarmado.

"O curso começou na última segunda-feira (28), mas teve a seleção antes. De todas as 206, 28 foram selecionadas para a abertura do curso no COPE, Centro de Operações Policiais Especiais, através do delegado Rodrigo Brown de Oliveira e do superintendente André Suzarte, que são os idealizadores. Eu sou o coordenador da parte de lutas do curso", relatou Cristiano em conversa com a reportagem da Ag. Fight.

Ao todo, serão duas semanas de curso para a especialização das policiais, que, caso contemplem as exigências ao longo do processo, completam suas atividades no próxima dia 8 de junho.