Topo

MMA

Após 72 horas de trabalho de parto, Miesha Tate dá à luz a primeira filha

Reprodução/Instagram
Roy Nelson e Miesha Tate ironizam semelhança entre barriga Imagem: Reprodução/Instagram

Ag. Fight

04/06/2018 14h11

A ex-lutadora Miesha Tate agora é mãe. No último domingo (3), ela deu à luz Amaia, filha do seu relacionamento com o também lutador Johnny Nuñez. E isso não aconteceu sem muito trabalho literalmente. Segundo a própria ex-atleta declarou em seu Instagram, foram 72 horas de trabalho de parto.

A notícia do nascimento da pequena Amaia veio por parte de uma amiga da ex-atleta, Myra Vegas. Por meio do Instagram (veja abaixo ou clique aqui), ela publicou uma foto de Miesha e a informação da chegada do bebê, no mesmo dia do seu aniversário. Na ocasião, ela afirmou que o trabalho de parto levou 67 horas ? tempo já muito grande, mas posteriormente corrigido pela amiga.

"Por volta da meia-noite ontem, eu mandei uma mensagem para Miesha Tate e falei a ela que ela tinha 24 horas para produzir meu 'gêmeo' de aniversário. E ela fez isso. Melhor presente de aniversário! Estou muito orgulhosa da minha amiga incrível. Depois de 67 horas de trabalho de parto, ela deu a luz a um pequeno e perfeito ser humano. Estou orgulhosa de pode considerá-la uma das minhas melhores amigas e compartilhar o aniversário com este pequeno pedaço de magia chamado Amaia", escreveu Vegas.

Miesha, por sua vez, destacou as dificuldades pelas quais passou durante o processo de trazer a filha à vida. Comparando o trabalho de parto com um combate de MMA, ela declarou que se sente ao mesmo tempo exausta e vitoriosa neste momento.

"É difícil para mim colocar em palavras o que estou sentindo. Lutei a luta da minha vida ao trazer a minha filha a este mundo. Fiquei em trabalho de parto por 60 horas e progredi tão pouco que tive de ser levada ao hospital. Foram 62 horas até que eu pudesse ter algum alívio da dor e do vômito. Foram 72 horas até que eu desse à luz nossa pequena Amaia", publicou.

"Não foi da maneira que eu queria, mas às vezes você tem que trocar a estratégia de luta. Me sinto vencedora, porque ela está em segurança e é perfeita. Mal posso agradecer minha equipe de apoio pelas longas horas comigo. Conseguimos. Mal posso esperar para te dar tudo o que eu tenho a oferecer. Vou começar pelo meu coração inteiro", completou.

Tate encerrou sua carreira no MMA após ser derrotada por Raquel Pennington no UFC 205, em novembro de 2016. Antes disso, perdeu o título peso-galo do UFC para Amanda Nunes, no UFC 200, em julho daquele ano.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!