Topo

MMA

Bisping diz que esposa pediu por aposentadoria: 'Ninguém quer ficar cego'

John Phillips/Getty Images
Imagem: John Phillips/Getty Images

Ag. Fight

04/06/2018 18h23

Michael Bisping anunciou, em maio, sua aposentadoria do MMA e, nesta segunda-feira (4), em entrevista ao programa MMA Hour, explicitou melhor as razões de sua decisão. Segundo o inglês, os pedidos de sua esposa e de seu empresário foram determinantes para a decisão, que foi tomada após assistir ao filme "Journeyman", como ele já havia revelado.

O ex-campeão dos médios (84 kg) do UFC afirmou que as negociações pela sua luta de despedida, que se encaminhava para acontecer em março, em Londres, tinham origem nos planos de dar um 'gran finale' à sua carreira. De acordo com o britânico, porém, seu empresário o fez recuar da ideia.

"Eu gostaria de ter feito uma última luta. Uma luta de despedida em Londres. Mas, provavelmente, pelas razões erradas. Eu queria porque lá eu teria aquela adoração, também pelo momento de deixar as luvas no cage... Mas, quando eu disse a meu empresário, ele perguntou: 'Por quê? Isso vai ser esquecido muito rápido, você não tem que sofrer mais danos'. E ele estava certo. Uma noite de glória talvez gerasse uma vida inteira de outras lesões. Então, sim, talvez se eu não tivesse visto aquele filme, eu não estivesse hoje em seu programa", falou ao jornalista Ariel Helwani.

Ele lembrou também do que sentiu quando viu 'Journeyman', cujo personagem principal sofre graves danos cerebrais após uma luta no fim da carreira. Bisping declarou que o fato de ter sofrido um descolamento de retina após a luta contra Vitor Belfort, em 2013, fez com que ele se colocasse no papel do lutador fictício.

"Chorei como uma criança. Sou um cara muito emocional. Foi uma grande jornada, foi incrível, mas eu sabia, quando vi o filme, que era o fim. Não posso mais fazer isso com a minha família. Não posso fazer mais isso comigo. Meu olho estava de um jeito horrível... Ninguém quer ficar cego. Uma amiga minha uma vez disse: se você ficar cego, vai querer gastar todo o dinheiro do mundo para ter sua visão de volta", recordou-se.

Helwani, então, questionou a Michael por que ele ainda negociou com o UFC um retorno se sabia das condições de seus olhos. Após a luta contra Kelvin Gastelum, o inglês passou a ver flashes quando virava para o lado esquerdo. Depois de tentar tranquilizar os fãs, dizendo que vai ficar bem, agora que sua cabeça "não será mais chutada", ele deu uma justificativa típica de lutador.

"Porque eu acredito em mim e acredito que ainda posso vencer as pessoas. Eu sei que ainda posso vencê-los. Eu só não quero ser atingido, sofrer danos. Pensei em surpreender a todos usando meu grappling... Mas minha mulher implorou para eu não fazer isso", falou.

Bisping sofreu, contra Gastelum, em novembro do ano passado, sua segunda derrota em 21 dias. No início de novembro, ele havia perdido o título dos médios para Georges St-Pierre.

Michael Bisping anunciou, em maio, sua aposentadoria do MMA e, nesta segunda-feira (4), em entrevista ao programa MMA Hour, explicitou melhor as razões de sua decisão. Segundo o inglês, os pedidos de sua esposa e de seu empre","image":{"sizes":{"personalizado":"","original":"900x506"},"height":506,"width":900,"crops":"1x1;3x4;4x3;9x16;16x9;16x12;80x80;142x100;142x200;300x100;300x200;300x300;300x420;300x500;615x300;615x470;956x500;1024x768;1920x540;1920x1080;1280x1920","src":"http://conteudo.imguol.com.br/c/esporte/e7/2018/02/16/michael-bisping-1518811336051_v2_900x506.jpg","type":"","titulo":"","credito":"John Phillips/Getty Images"},"date":"04.06.2018 19h25","kicker":"Ag. Fight"}}' cp-area='{"xs-sm":"49.88px","md-lg":"33.88px"}' config-name="esporte/esporte">

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!