Topo

Esporte

Ronda comemora chegada ao hall da fama do UFC: "Que eu seja a primeira de muitas"

Ag. Fight

Ag. Fight

11/06/2018 11h53

Ronda Rousey transformou a história do MMA feminino. Responsável por fazer o presidente do UFC, Dana White, mudar de ideia quanto à criação de categorias para mulheres, 'Rowdy' chegou, transformou-se em um enorme sucesso de público e defendeu seu título seis vezes antes de ser destronada. Tal importância será homenageada em 5 de julho, com a entrada da agora lutadora do WWE - liga americana de telecatch - no hall da fama do UFC.

Por intermédio de sua página no Instagram (veja abaixo ou clique aqui), Ronda agradeceu pela premiação e declarou que torce para que sua indicação à seleta lista de ícones do esporte abra espaço para outras mulheres - exatamente como aconteceu quando estreou no UFC.

"É uma imensa honra não só participar do processo de trazer as mulheres para a frente deste esporte, mas também de chegar ao Hall da Fama. Que eu seja a primeira de muitas", escreveu.

Rousey encerrou a carreira no Ultimate com uma derrota diante de Amanda Nunes, atual campeã. Na luta, que aconteceu em dezembro do ano passado, a americana tentava reconquistar o cinturão que perdeu um ano antes, contra Holly Holm. Atualmente, 'Rowdy' tem se dedicado ao telecatch e, recentemente, deu a entender que deve engravidar em breve.

Um vídeo publicado por ufc (@ufc) em Ago 8, 2015 às 9:50 PDT

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte