Topo

Esporte

Darren Till minimiza sofrimento com corte de peso e projeta mudanças em treinos

Ag. Fight

Ag. Fight

13/06/2018 13h25

Darren Till fez a luta principal do UFC Liverpool, evento realizado na noite do último dia 27 de maio quando se manteve invicto ao bater Stephen Thompson por decisão unânime. O objetivo para o confronto era que ele fosse disputado na categoria meio-médio (77 kg), todavia, Till não conseguiu chegar no limite desejado e o embate foi realizado em um peso-combinado de até 79 kg. No entanto, o que mais chamou a atenção dias após o duelo foi um vídeo que circulou na internet mostrando o intenso desgaste do lutador na tentativa de perder peso para a luta.

Divulgado por um de seus patrocinadores, o registro mostra o inglês praticamente carregado para fora da sauna e, em outro momento, quase desmaiando em uma de suas sessões de corridas na esteira. Houve a especulação, inclusive, de que ele teria perdido a visão momentaneamente durante esse processo, o que foi negado pelo próprio atleta, que minimizou o caso.

"Eu estava cortando peso, parei de correr e meio que me senti um pouco tonto porque estava acordado desde cedo, e eu não havia comido ou bebido água e ainda estava tentando cortar peso. Então não era que eu não pudesse ver, eu apenas me senti tonto. Sabe quando você tenta levantar-se rápido demais? É como eu me senti. Eu não perdi a vista. Eu estava me sentindo tonto. O vídeo faz parecer um pouco pior, mas não foi de forma alguma tão ruim ", relatou o inglês durante conversa com a 'ESPN UK'.

Sobre a possibilidade de se manter na categoria de peso, Darren disse não haver problema, mas que da próxima vez fará uma planejamento mais bem estruturado, de modo que possa realmente chegar em sua meta e sofrer menos. Para tanto, uma das possibilidades é utilizar o UFC Performance Institute (centro do desenvolvimento de atletas da entidade), no qual onde existe supervisão em sua rotina de exercícios e alimentação.

"Eu nunca estive, mas vou falar com o meu treinador e ver o que ele pensa sobre a ideia de ir para lá por dois ou três meses e obter toda essa educação. Porque eu sou apenas um pequeno trapo. E de Liverpool. Eu acordo e como um ovo na torrada e eu vou para a academia e trabalho. Eu não conto o número de gramas, etc. Talvez isso seja algo que eu deva fazer sobre a minha dieta, meu descanso e recuperação. Estou em uma posição melhor na minha vida agora. Posso comprar um carro novo agradável, ter coisas boas, comer onde eu quiser. Agora eu posso começar a cuidar de mim um pouco melhor", afirmou.

Sobre a mudança do horário da pesagem sendo revertida para o período da tarde e não mais pela manhã, como foi afirmado esta semana pelo presidente do UFC, Dana White, o lutador foi sucinto: "Não importa. Se são 9 ou 4 horas, você consegue recuperar o peso", finalizou.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte