Topo

Esporte

Após derrotar a USADA nos tribunais, ex-campeão pede por fim de contrato com o UFC

Ag. Fight

Ag. Fight

21/06/2018 12h27

O peso-pesado Josh Barnett está próximo de romper o contrato com o UFC. Em comunicado à ESPN americana, o experiente lutador de 40 anos afirmou que sua decisão se baseia no fato de não confiar mais na USADA, agência que regula os testes antidoping da maior organização de MMA do planeta. Barnett foi flagrado em um exame no final de 2016 e foi suspenso por quatro anos, resultado revertido 15 meses depois após o julgamento por um tribunal de arbitragem.

Na ocasião, o ex-campeão do Ultimate recorreu da decisão e levou o caso a um tribunal independente. Após 15 meses de processo, ele conseguiu uma sentença favorável e se tornou o primeiro atleta do UFC a apelar com sucesso contra a USADA. No entanto, ele optou por não mais se submeter aos testes da reguladora, o que seria necessário caso quisesse entrar novamente no octógono.

"É verdade que pedi a minha liberação contratual e estamos discutindo os termos agora. A Zuffa tem sido fantástica desde que eu assinei novamente com a empresa . Todas as promessas feitas foram mantidas e não tenho o que criticar. Depois de tudo o que passei com a USADA, não me sinto confortável em colocar no controle dela novamente a possibilidade de continuar ou não minha carreira no UFC ", disse em comunicado.

Barnett não luta desde a vitória sobre Andrei Arlovski, em setembro de 2016. Com um cartel profissional de 35 vitórias e oito derrotas, o americano provavelmente irá em busca de novos ares em outros eventos após finalmente conseguir se desvincular do Ultimate.

Veterano do esporte, o peso-pesado teve passagens por eventos como Pride e Strikeforce, onde acumulou cartel com 35 vitórias e apenas oito derrotas. Ao longo de seus 21 anos como profissional de MMA, no entanto, o atleta foi flagrado em testes antidoping outras duas vezes.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte