Topo

Esporte

'Cowboy do UFC' busca reafirmar seu nome em evento ofuscado pela Copa do Mundo

Ag. Fight

22/06/2018 20h00

Ex-desafiante ao cinturão dos pesos-leves (70 kg), o americano Donald Cerrone atravessa uma fase de recomeço no UFC. Depois de quase chegar ao topo dos meio-médios (77 kg) e de ser cotado para disputar o título da categoria, o 'Cowboy' acumulou três derrotas seguidas antes de reencontrar o caminho das vitórias diante de Yancy Medeiros, em fevereiro passado. Agora é chegada a hora de se reafirmar.

Na manhã deste sábado (23), Cerrone terá pela frente Leon Edwards no main event do card programado para Cingapura. Mas a disputa, ao contrário de suas últimas apresentações no octógono, passa longe do glamour que o evento pode proporcionar. Atualmente número 11 do ranking oficial do Ultimate, o americano encara o dono do posto de número 13 da lista, em show completamente ofuscado pela Copa do Mundo.

Brigando por uma vaga no top 10, os protagonistas do evento, que foi penalizado pela diferença de fuso horário - o card preliminar terá início a partir das 5h30 (horário de Brasília) -, não garantem a atenção dos fãs em plena fase de grupos da Copa do Mundo. Com jogos do Brasil na sexta-feira e de Alemanha e México no sábado, o show ainda perde apelo nos EUA por começar à 1h30 da manhã (horário do Pacífico).

Por isso, o veterano Cowboy, que fará sua 45ª luta como profissional, surge para o combate com a obrigação de vencer para recolocar seu nome no seleto grupo dos meio-médios. Ao mesmo tempo, em um cenário que comprova que Cerrone tem mais a perder do que a ganhar neste duelo, uma derrota para o rival inglês pode carimbar o seu retorno aos pesos-leves, divisão em que o bruto corte de peso aliado aos seus 35 anos pode fazer sua carreira perder o brilho de outrora.

Mais Esporte