Topo

Esporte


Viviane 'Sucuri' tem alegria por erro de juiz, mas perde no UFC Singapura

Marcelo de Jesus/UOL
Viviane Sucuri teve muita dificuldade de entrar na curta distância Imagem: Marcelo de Jesus/UOL

Ag. Fight

23/06/2018 07h20

Não foi desta vez que Viviane 'Sucuri' voltou à coluna das vitórias. Em uma luta toda disputada em pé, a brasileira, que tem 1,52 m e envergadura de apenas 1,60 m, teve muita dificuldade de entrar na curta distância e golpear a chinesa Xiaonan Yan, que a derrotou por decisão unânime dos juízes.

O anúncio da lutadora vencedora, inclusive, foi marcado por uma trapalhada do juiz. Ao ouvir de Bruce Buffer que a vencedora havia sido Yan, o árbitro levantou o braço de Sucuri, o que rendeu alegria à cearense por alguns segundos. Alertado pelo locutor, porém, o mediador logo corrigiu a falha.

Os 5 minutos iniciais tiveram ritmo ditado por Xiaonan, que, versada no Sanda ? boxe chinês ? usou jabs e chutes baixos para manter a brasileira distante. Além disso, contou com uma certa hesitação da brasileira no striking. No segundo assalto, 'Sucuri' melhorou um pouco, mas continuou inferior à chinesa. Chamou a atenção também a falta de tentativas de queda, uma vez que foi via finalização a única derrota da carreira de Yan.

No terceiro e último round, Viviane tomou mais a iniciativa e teve mais sucesso na aproximação, acertando alguns bons golpes na chinesa nos últimos minutos.  Como demorou a 'entrar' na luta, a vitória no assalto final acabou não sendo suficiente.

Com o revés, a cearense sofreu a sua segunda derrota na carreira. Em seu combate anterior, em novembro de 2017, Sucuri foi dominada pela revelação Tatiana Suárez.

Yuta 'Ulka' Sasaki finaliza

O evento começou com uma luta entre Ji Yeon Kim e Melinda Fabian pela divisão dos moscas (57 kg). Em 15 minutos de duelo, Kim foi ligeiramente melhor em cada um dos rounds, mas os juízes entenderam que a húngara ganhou um ou até dois assaltos. No fim das contas, resultado justo, com a sul-coreana vencendo por decisão dividida.

Em seguida, Yuta Sasaki fez uma luta movimentada contra Jenel Lausa. Sem vergonha alguma de fugir da trocação e buscar a luta de solo, o japonês tanto insistiu que conseguiu seu objetivo: no segundo round, Foi progredindo no chão até encontrar espaço primeiro para bater e depois para finalizar com um mata-leão.

O terceiro combate do evento foi entre Matt Schnell e Naoki Inoue, que passaram 15 minutos na pura trocação. Apesar disso, faltou emoção, e o resultado do equilibrado confronto foi para a avaliação dos juízes, que deram a vitória ao americano por decisão dividida. Foi a primeira derrota da carreira de Inoue.

Confira os resultados do UFC Fight Night 132 até aqui:

Xiaonan Yan venceu Viviane 'Sucuri' por decisão unânime (29-28, 29-28, 30-27)
Matt Schnell venceu Naoki Inoue por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)
Ulka Sasaki venceu Jenel Lausa por finalização (mata-leão) a 4min04 do 2º round
Ji Yeon Kim venceu Melinda Fabian por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)

Mais Esporte