Topo

Esporte

Cerrone revela que vomitou horas antes de duelo contra Edwards

Roslan Rahman/AFP
Donald Cerrone em entrevista coletiva em Singapura Imagem: Roslan Rahman/AFP

Ag. Fight

Ag. Fight

24/06/2018 09h00

Por pouco, o UFC Fight Night 132, no último sábado (23), em Singapura, não ficou sem luta principal. Donald Cerrone revelou a jornalistas em entrevista coletiva que acordou se sentindo mal e cogitou desistir do combate. 'Cowboy' perdeu por decisão unânime para Leon Edwards.

Apesar do resultado negativo, o americano declarou que não se arrepende de ter lutado. Atleta conhecido por topar combates em sequência, Cerrone afirmou que vomitou quando acordou e que não acreditava ter condições de entrar no octógono, mas decidiu seguir em frente.

"Foi a primeira vez em minha carreira que quase liguei para Dana White e disse: 'Não vou trabalhar hoje'. Aí, então, me olhei no espelho e disse: 'Você não é esse cara. Vá'. Mas isso não teve nada a ver com a maneira com que eu lutei. Eu estou de fato orgulhoso de mim por entrar lá e lutar. Então, estou feliz, não tenho remorso", disse.

"Eu estava me sentindo mal, vomitando... Eu não estava conseguindo sair da cama, cara. Eu estava me sentindo uma m**** a manhã inteira, o dia inteiro. Eu não estava me sentindo como quem vai trabalhar. Na minha carreira, foi o mais perto que cheguei de ligar para o chefe e dizer 'Ei, cara, não vou'. Mas eu simplesmente deixei as 17h chegarem, me olhei no espelho e disse: 'Você não é esse cara. Então, levante-se e vá'. E aqui estou", completou.

Veterano de 45 lutas de MMA, 'Cowboy' vive um mau momento dentro do cage: perdeu quatro dos seus cinco últimos combates. O americano venceu Yancy Medeiros, mas perdeu de Jorge Masvidal, Robbie Lawler, Darren Till e Leon Edwards.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte