Topo

MMA

TJ Dillashaw acusa campeão do UFC de fugir de duelo

Brandon Magnus/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images
TJ Dillashaw exibe cinturão de campeão do UFC Imagem: Brandon Magnus/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images

Ag. Fight

25/06/2018 17h24

O UFC 227 terá um card repleto de grandes lutas, dentre elas destacam-se as disputas dos cinturões do peso-mosca (57 kg) e dos galos (61 kg), atualmente nas mãos de Demetrious Johnson e TJ Dillashaw, respectivamente. Caso os campeões vençam e mantenham o título, a expectativa para uma superluta entre os dois aumentará. E em participação em um programa de TV da "TMZ Sports", Dillashaw acusou o melhor lutador peso-por-peso do mundo de fugir dele.

A edição de número 227 do evento será sediada em Los Angeles (EUA) e ocorrerá no dia 4 de agosto. Na ocasião, Demetrious enfrenta o medalhista de ouro olímpico Henry Cejudo, enquanto o campeão dos galos encara uma revanche contra Cody Garbrandt. Ao ser perguntado sobre a postura de Mighty Mouse, Dillashaw apontou que seu possível rival está acomodado em sua categoria.

"Eu realmente acredito que sim, ele está confortável onde está, com os caras que ele está lutando, acho que eu represento uma ameaça real que ele não está querendo aceitar. Ele tem um alvo em suas costas, estou atrás dele, mas acredito que ele não queira este desafio. O respeito como lutador e como homem, mas acho que já passou da hora dele ser corajoso", afirmou TJ.

Apesar da possibilidade dessa superluta acontecer, o campeão dos galos ressaltou a importância de se manter focado para defender seu cinturão no UFC Los Angeles. De acordo com Dillashaw, o confronto contra Johnson é algo que ele almeja, porém para que isso aconteça, o atleta tem que focar no presente.

"Nós dois temos que focar em nossas lutas agora, em superar nossos oponentes, não posso ser convencido, então meu foco está em nocautear Cody Garbrandt novamente e depois nós vemos o que vai acontecer", disse o lutador.

Demetrious, o melhor peso-por-peso do UFC, está com 31 anos e não perde há quase sete. O atleta possui um cartel de 27 vitórias, duas derrotas e um empate. Já Dillashaw conta com um histórico de 15 vitórias e três derrotas em sua carreira no MMA.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!