Topo

Esporte

Whittaker critica USADA por 'salvo-conduto' a lutadores e questiona reidratação de Romero

Ag. Fight

25/06/2018 10h38

Robert Whittaker tem duas lutas e duas vitórias contra Yoel Romero. Mas a segunda, no UFC 225, no início do mês, deixou o australiano com uma impressão diferente em relação ao adversário. Em entrevista ao canal do YouTube Grange TV, 'The Reaper' levantou suspeitas sobre o processo de reidratação do cubano e apontou o que considera falhas da USADA (agência antidoping americana).

De acordo com Robert, entre a pesagem oficial - na qual não bateu o peso de 84 kg para disputar o título dos médios - e a luta, Romero foi de "esquelético" a "super-homem". Whittaker afirmou que, por mais que batesse no cubano, a sensação era de que ele não se abalava com nada.

"Seja qual for o programa de reidratação de Romero, eu gostaria de fazer também. Ele estava enorme, em relação ao esqueleto que vi no dia anterior. De quando ele não bateu o peso e parecia que iria morrer para quando ele voltou para subir no octógono, eram dois caras diferentes. Eu o acertei muito, ele levou golpes na cabeça e estava simplesmente ignorando os golpes", falou.

"Seja com o que ele esteja se reidratando, eu queria saber o quê, para que eu também possa fazer isso. Porque isso transforma você em um super-homem. Quando eu estava socando e chutando, parecia que ele era de metal. Parecia que ele era um cara feito de concreto. Era absurdo. Eu lutei contra ele um ano atrás, e ele não parecia ser feito de concreto", continuou.

Whittaker também questionou o sistema antidopagem da USADA. Ele criticou o fato de que há uma tolerância em relação à chegada surpresa dos fiscais da agência. "Se você não está em casa quando eles chegam, eles dão a você uma advertência. E é permitido receber duas advertências por ano. Ou seja, se você está se dopando, se está usando algum tipo de droga, você basicamente tem dois 'salvo-condutos', o que considero ridículo", criticou.

Há quatro anos como peso-médio (84 kg), Whittaker ainda não perdeu na divisão. Sua última derrota foi ainda como meio-médio (77 kg), quando perdeu para Stephen Thompson por nocaute.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte