Topo

Esporte

Daniel Cormier ignora provocação de Jon Jones: "Ele é um ninguém"

Mike Lawrie/Getty Images/AFP
Daniel Cormier comemora após vencer Volkan Oezdemir no UFC 220 Imagem: Mike Lawrie/Getty Images/AFP

Ag. Fight

26/06/2018 06h00

Na semana passada, o UFC publicou em sua conta oficial no 'Twitter' uma enquete para saber se os fãs achavam que se em caso de vitória contra Steve Miocic em sua próxima luta, o campeão dos meio-pesados (93 kg) se tornaria 'o maior de todos os tempos'. A repercussão do polêmico post serviu para reativar uma das maiores rivalidades do MMA entre Daniel Cormier e Jon Jones. 'Bones', seu maior rival e único lutador que conseguiu vencê-lo se irritou e questionou em que lugar ele se encontrava nessa história, de maneira irônica. Em entrevista recente à 'CBN Sports', Daniel ignorou as críticas de seu antigo algoz, aproveitou para alfinetá-lo pelos flagras no antidoping e afirmou que hoje ele é um ninguém.

Enquanto Cormier está prestes a ter a chance de se tornar o segundo lutador da história do UFC - McGregor foi o único a realizar o feito - a conquistar cinturões em diferentes categorias simultaneamente, Jones está suspenso pela USADA (agência americana de antidoping). O ex-campeão aguarda o posicionamento oficial da organização para saber qual será a duração do gancho que ele irá cumprir.

" não tem um lugar nessa discussão e eu me recuso a dar isso a ele. Ele é um ninguém, foi suspenso novamente. Está envolvido em controvérsia por uso abusivo de drogas. Seus problemas estão ligados a esteroides, aprimoradores de desempenho. Você não ganha o direito de opinar quando é assim. É como se eu glorificasse Lance Armstrong", disse Cormier ao comparar o caso com o do maior ciclista da história, que se tornou vilão após assumir ter feito uso de substâncias ilícitas ao longo da carreira.

Após ser flagrado no exame antidoping na revanche entre os dois no UFC 214, Jon Jones perdeu o título e a luta foi declarada como 'no contest'. Após esse episódio, Cormier não descarta a possibilidade de 'Bones' ter feito uso de esteroides no primeiro confronto contra ele, no UFC 182.

" venceu a luta, mas, desde que a USADA se envolveu com o UFC, ele só lutou uma vez. Ele teve quatro lutas programadas. Então ele lutou contra o Ovince e lutou comigo, mas o segundo foi um no-contest. A luta com Ovince foi a única vez que ele lutou e não houve controvérsia em torno dele. Então, tenho certeza que algumas coisas sujas estavam acontecendo . É por isso que os resultados dos testes foram todos ocultados em dezembro", contou o campeão.

Cormier lutará no dia 7 de julho contra Miocic em Las Vegas (EUA), o duelo será válido pela divisão dos pesados (até 120 kg). 'DC' possui um cartel com 20 vitórias e apenas uma derrota, enquanto seu adversário conta com um desempenho de 18 vitórias e duas derrotas em sua carreira no MMA.

Mais Esporte