Topo

Esporte

Pai de Floyd Mayweather é inocentado de agressão a mulher nos EUA

Getty Images
Floyd Mayweather recebe orientações de seu pai e treinador, Floyd Mayweather Sr., no intervalo dos rounds Imagem: Getty Images

Ag. Fight

28/06/2018 08h00

Floyd Mayweather Sr., ex-boxeador e pai do multicampeão Mayweather Jr., foi declarado inocente da acusação de ter agredido uma mulher na noite de 17 de setembro do último ano, na T-Mobile Arena, em Las Vegas (EUA). O fato teria acontecido após o combate de boxe entre 'Canelo' Alvarez e Gennady Golovkin, no momento em que o lutador aposentado foi buscar seu carro no estacionamento.

De acordo com o site 'TMZ Sports',  o treinador discutiu com a mulher dentro do veículo e pediu que ela se retirasse. Após recusa, ele teria se aproximado, aberto a porta e a retirado do interior do veículo. Já fora do carro, hipotética vítima teria sido agredida pelo senhor de 65 anos. A mulher então, prestou queixa à polícia e realizou exames de corpo de delito para apurar possíveis lesões.

No entanto, nesta terça-feira (26), Mayweather Sr. foi inocentado das acusações durante julgamento. Ainda conforme a publicação, um porta-voz do ex-pugilista afirmou que "ele está feliz que isto acabou" e que "sempre teve certeza da sua inocência".

Mayweather Sr. é o treinador principal do filho homônimo. Floyd Jr. encerrou sua carreira invicto com 50 vitórias como profissional e anunciou aposentadoria após vencer seu último duelo, contra o atleta do UFC Conor McGregor, em agosto do último ano.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte