Topo

MMA

Anderson Silva abre as portas para possível luta com GSP: "Tudo é possível"

Al Bello/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images
Em 2011, evento reuniu campeões do UFC - entre eles, Anderson Silva e GSP Imagem: Al Bello/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images

19/07/2018 13h29

Julgado pela USADA (agência antidoping americana) e condenado a passar um ano longe das competições, Anderson Silva estará liberado para voltar ao octógono a partir de novembro deste ano e seu próximo oponente pode até mesmo ser um outro ex-campeão dos médios (84 kg): Georges St-Pierre. Em entrevista ao site "MMA Fighting", Spider confirmou que existe a possibilidade de ocorrer o combate contra o canadense, superluta que por anos foi ventilada dentro da organização.

St-Pierre não luta desde novembro, quando tomou de Michael Bisping o cinturão da categoria dos pesos-médios, divisão que foi dominada por Anderson entre os anos de 2006 e 2013. Aproximadamente um mês depois da vitória, o canadense, também um ex-campeão dos meio-médios (77 kg), abdicou do título para tratar um problema de saúde do qual afirmou já estar recuperado.

Quando indagado sobre a hipótese do duelo com St-Pierre, o brasileiro, apesar de não descartá-la, foi sucinto nas palavras, e aproveitou para fazer breve análise da última aparição de GSP no octógono.

"Tudo é possível no UFC. Eu acho que as decisões têm que ser tomadas no momento certo. Se não lutarmos, é porque realmente não deveria ter acontecido. Acho que ele teve uma boa estratégia, fez uma boa luta. Ambos são grandes lutadores", declarou.

Dono de um cartel como lutador profissional de MMA com 34 vitórias e oito derrotas, Anderson Silva, mesmo aos 43 anos, ainda deseja continuar no UFC. Em sua última apresentação, o veterano venceu Derek Brunson por decisão dos jurados. Georges St-Pierre, um pouco mais novo, possui 37 anos e histórico de 26 vitórias e apenas duas derrotas na carreira.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!