Topo

Esporte

Werdum responde, Mark Hunt perde a linha e Wanderlei Silva compra a briga; entenda

Ag. Fight

14/09/2018 12h41

As provocações entre o ex-campeão do UFC Fabrício Werdum e seu antigo rival Mark Hunt não param. Após o neozelandês xingar o brasileiro e afirmar que "ficou feliz" por ver ele ser flagrado em um exame antidoping, 'Vai cavalo' respondeu, nessa quinta-feira (14), às ofensas com um vídeo em que mostra o nocaute aplicado contra o 'Super Samoano' no ano de 2014. Já em sua 'tréplica', Hunt foi além e envolveu até o nome de Wanderlei Silva, outro de seus ex-rivais que havia compartilhado o vídeo do compatriota.

Na publicação em seu perfil oficial nas redes sociais, Werdum reproduziu a joelhada seguida de combinação de socos que nocauteou Hunt em novembro de 2014, na Cidade do México, em duelo válido pelo cinturão interino do UFC. Após o feito, o brasileiro finalizou Cain Velasquez no ano seguinte e se tornou campeão dos pesados. Além de postar o vídeo, Fabrício também escreveu um pequeno texto em que provoca o neozelandês e o acusa de querer se promover às suas custas.

"Oh, olhe só... Lá está um samoano pequeno e gordo (Mark Hunt) cabeça de bolha tentando se fazer relevante novamente colocando meu nome em sua boca. Eu tenho uma outra coisa para você colocar na boca. Desta vez, é o meu joelho esquerdo. Aqui está um breve lembrança caso você tenha esquecido. De todo modo, você provavelmente não lembra de nada disso", provocou o brasileiro.

O neozelandês, no entanto, não deixou barato e voltou a ofender o brasileiro com provocações sobre o combate principal do card deste sábado (15). Afinal, Hunt foi chamado para o UFC Moscou justamente para substituir Werdum, que era o atleta escalado para enfrentar Alexey Oleynik originalmente. No entanto, o peso-pesado gaúcho foi afastado do combate após falhar em um teste surpresa realizado pela USADA em abril.

"Ei, e aí, Fabrício Werdum e Wanderlei Silva. Ei, adivinha, estamos trabalhando aqui. Oh, m****, vocês não têm emprego, filhos da p****. Aproveitem as favelas, p****", respondeu o neozolandês.

E Wanderlei, como de costume, entrou na provocação e respondeu: "Não se preocupe. Nos encontramos em breve, gordo desgraçado". Aos 44 anos, Hunt pode ter o seu próximo combate como um dos últimos da carreira no MMA. O cartel profissional do neozelandês conta com 13 vitórias, 12 derrotas, um empate e uma luta sem resultado.

Um vídeo publicado por ufc (@ufc) em Ago 8, 2015 às 9:50 PDT

 

Mais Esporte