Topo

Esporte

Ex-futura desafiante ao cinturão do UFC permanece no card, mas perde chance por título; entenda

Ag. Fight

11/10/2018 07h00

Os últimos dias foram de intensa movimentação no que diz respeito ao agendamento de lutas por parte da maior liga de MMA do mundo. E essa série de mudanças por parte do UFC afetaram diretamente Sijara Eubnaks. Mas de acordo com o site 'NewsDay', o dilema da americana parece ter finalmente chegado ao fim. Isso porque 'Sarj' estaria escalada para enfrentar Roxane Modafferi no UFC 230, após diversas reviravoltas.

Tudo começou com a ausência de uma luta principal para o card do dia 3 de novembro. Com isso, o Ultimate mexeu no confronto válido pelo título dos pesos-moscas (57 kg), que originalmente seria disputado entre Valentina Shevchenko e Joanna Jedrzejczyk no UFC 231, a fim de salvar o show de Nova York (EUA). No entanto, a polonesa não aceitou a antecipação do duelo e foi substuída por Sijara Eubanks, que teria uma chance pelo cinturão contra 'Bullet'.

Mas a dança das cadeiras não parou por aí. Nessa terça-feira (9), o UFC oficializou a disputa de cinturão dos pesos-pesados entre Daniel Cormier e Derrick Lewis. O confronto foi agendado justamente para o card de número 230, e substituiu a luta principal, que originalmente seria válida pela divisão dos moscas feminino. Com isso, o confronto entre Valentina e Eubanks foi cancelado, e o título da categoria até 57kg foi reintegrado à sua ideia inicial. 'Bullet' enfrenta Joanna no Ultimate 231, em Toronto (Canadá).

Com as mudanças, Sijara protestou contra a organização através de suas redes sociais. A americana pediu para ser mantida no card, e como desafiante ao título. E de acordo com o site 'NewsDay', o pedido de Eubanks foi realizado em partes. Isso porque a atleta atuará no UFC 230, no entanto, em disputa que não valerá o cinturão da categoria. 'Sarj' enfrenta Roxane Modafferi.

Sijara participou do 'TUF 26' e chegou até a final, quando disputaria o cinturão inaugural contra Nicco Montano. No entanto, Eubanks teve problemas com o corte de peso e foi afastada do confronto. Em seu lugar foi escalada exatamente sua próxima adversária, Roxane. Na ocasião, Modafferi não foi páreo para Montano, que se sagrou a primeira campeã peso-palha do UFC.

Nicco inclusive defenderia seu título contra Valentina no dia 8 de setembro no UFC 228. No entanto, no dia anterior a luta, a então campeã teve que ser levada ao hospital após apresentar dificuldades no corte de peso. Apesar de alegar problemas de saúde, Montano teve seu posto destituído pelo Ultimate, e a categoria dos moscas passou a ter um cinturão vago.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte