Topo

Esporte


Dana White nega que vá restringir 'trash talk' em eventual revanche de Khabib e McGregor

Ag. Fight

28/11/2018 12h56

A briga generalizada que manchou o UFC 229, entre as equipes de Khabib Nurmagomedov e Conor McGregor, não deve mudar a abordagem da organização ao promover uma eventual revanche entre os dois. De acordo com Dana White, presidente do Ultimate, o 'trash talk' durante o período de preparação para a luta é comum na história dos esportes de combate e não deve ser tolhido.

Desde o anúncio da disputa do título dos leves (70 kg), ainda em agosto, McGregor usou sua oratória afiada para tentar tirar Nurmagomedov do sério. Embora o russo tenha se mantido impassível durante a fase de promoção do evento, quando derrotou Conor, Khabib pulou o cage e deu uma voadora em direção a Dillon Danis, parceiro de treinos do irlandês. A ação impulsiva gerou uma pancadaria entre integrantes dos dois times, mas a consequência não deve resultar em nenhum tipo de restrição por parte do UFC aos lutadores - foi o que garantiu Dana, em entrevista à emissora 'ESPN'.

"Bem, meu pensamento sobre essa coisa é que isso é uma luta. Desde os primórdios, as pessoas disseram coisas ruins às outras em uma luta, não importa o quê. Muhammad Ali chamou Joe Frazier de 'Uncle Tom', quando isso era uma das piores coisas que você poderia dizer a um cara. Ele o chamou de gorila, coisas desse tipo. E, pelo resto de sua vida, Frazier odiou Ali, odiou-o pelas coisas que disse sobre ele. Este não é um negócio gentil. É o negócio da luta. Não foi a primeira vez que essas coisas ruins foram ditas a outra pessoa e não será a última", falou.

Qualquer tipo de planejamento do Ultimate sobre uma revanche, entretanto, depende do que acontecerá em Las Vegas (EUA), em 10 de dezembro. Neste dia, a Comissão Atlética de Nevada vai definir eventuais punições a Conor e Khabib, que podem ser suspensos. White afirmou que, devido à situação delicada envolvendo os dois atletas, uma segunda luta sequer é cogitada.

"Eu não sei se a revanche imediata acontecerá, porque temos de ver o que a Comissão Atlética de Nevada decide em dezembro, quando a audiência acontece. Então, não estou sequer pensando sobre isso. Estou pensando sobre as possibilidades no futuro, mas, agora, nem vale pensar sobre isso, até que descubramos o que aconteceu em Nevada", falou.

Dentro do octógono e antes da briga do dia 6 de outubro, Khabib Nurmagomedov finalizou Conor McGregor aos 3min03s do quarto round. O russo tem flertado com uma migração para o boxe, modalidade na qual enfrentaria Floyd Mayweather, mas ainda tem uma luta restante em seu contrato com o UFC.

Mais Esporte