Topo

Esporte

Luta de 'Moicano' é cancelada e brasileiro se torna reserva de disputa por título do UFC

Ag. Fight

28/11/2018 14h29

Uma notícia ruim foi oficializada para o brasileiro Renato 'Moicano' nesta quarta-feira (28). No entanto, o cancelamento de sua luta contra Mirsad Bektic, marcada originalmente para o próximo dia 8 de dezembro, pode ter aberto curiosa oportunidade para o peso-pena (66 kg), que foi escalado oficialmente como reserva para a disputa de cinturão de sua categoria.

De acordo com o anúncio feito no site oficial do evento, uma lesão retirou Bektic do confronto, mas o brasileiro manterá sua viagem para Toronto, no Canadá, e treinará e cortará peso normalmente até o dia do show. Isso porque, caso o campeão Max Holloway ou do desafiante Brian Ortega se machuquem, caberá a Moicano assumir o posto por uma disputa de título.

Vale lembrar que, curiosamente, a única derrota na carreira de Moicano foi justamente contra Ortega, em julho de 2017, quando foi finalizado no terceiro round em duelo que estava empatado nas papeletas dos jurados até então. Por sua vez, o americano segue invicto no MMA persegue uma oportunidade de enfrentar Holloway desde o nocaute sobre Frankie Edgar, em março deste ano.

Nesse mesmo card, Cláudia Gadelha, Thiago 'Marreta', Alex 'Cowboy', Gilbert 'Durinho' e Diego Ferreira também estarão em ação e serão os demais representantes brasileiros no octógono do UFC 231. Destaque para a peso-palha (52 kg) número três do ranking, que encara Nina Ansaroff em busca de uma chance de disputar o cinturão de sua categoria, hoje em poder de Rose Namajunas.

Mais Esporte