Topo

Esporte

Lutadora do UFC agredida pelo marido volta atrás e confirma duelo contra VanZant

Ag. Fight

28/11/2018 12h57

Após a peso-mosca (57 kg) do UFC Rachael Ostovich ser agredida pelo marido e fraturar o osso orbital - estrutura que envolve o olho -, foi anunciado que ela ficaria de fora do seu próximo desafio no Ultimate. No entanto, depois de uma reavaliação médica, a lutadora optou por continuar no card agendado para o dia 19 de janeiro de 2019, quando enfrentará Paige VanZant.

De acordo com Brian Butler-Au, empresário de Rachael, as lesões sofridas por Ostovich há pouco mais de uma semana e o lado emocional da atleta influenciaram na decisão de ela deixar o card. Agora, com a cabeça mais fria e depois de ir a um segundo médico, Ostovich tomou a decisão de permanecer no UFC Fight Night 143, primeiro evento da organização com transmissão da emissora 'ESPN'.

"Ela nunca quis realmente sair dessa luta. Quando tudo aconteceu, mexeu muito com o lado emocional. As lesões foram significativas o suficiente para que, combinadas com toda a emoção com o que estava acontecendo, tomássemos a decisão de sair da luta. Agora que as coisas estão se resolvendo e o inchaço da lesão está diminuindo, Rachael conseguiu uma segunda opinião e vai dar tudo certo para que ela possa manter esta luta", contou o empresário, em entrevista à 'ESPN'.

Agendada como próxima oponente de Rachael, VanZant também comemorou a decisão da lutadora de permanecer no card. Assim como Ostovich, '12 Gauge' também foi superada em seu último desafio na organização. Deste modo, através de publicação nas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), Paige ressaltou que não dará moleza para a adversária, apesar de apoiá-la no drama familiar.

"A luta ainda está de pé! Eu não poderia ser mais grata a Rachael Ostovich. Sim, nós faremos uma guerra no octógono, mas estou ao lado dela na batalha pela qual está passando em casa. Vamos lutar e mostrar a essas pessoas o quanto somos fortes", escreveu VanZant.

Aos 27 anos, Rachael Ostovich foi revelada no UFC após se destacar na 26ª edição da versão americana do programa 'The Ultimate Fighter'. Ao longo da carreira profissional no MMA, a lutadora havaiana somou quatro vitórias e igual número de derrotas. Já VanZant, de 24 anos, possui sete triunfos nos 11 combates que realizou até hoje.

Um vídeo publicado por ufc (@ufc) em Ago 8, 2015 às 9:50 PDT

Mais Esporte