Topo

MMA

Com primeiro nocaute desde 2013, Cigano garante 'goleada brasileira' no UFC

Jason Silva/AGIF
Imagem: Jason Silva/AGIF

Ag. Fight

02/12/2018 04h18

Foi uma noite de viradas para os brasileiros que encabeçaram o card do UFC Adelaide. Depois de Maurício 'Shogun' quase apagar no primeiro round e derrotar Tyson Pedro na luta coprincipal, Júnior 'Cigano' passou por maus bocados, mostrou muita resistência e, auxiliado por seu treinador, Luiz Dórea, conseguiu nocautear Tai Tuivasa no 'main event' do show. Foi a primeira vitória de Júnior pela via rápida desde 2013.

O primeiro assalto teve Tuivasa tentando pressionar Cigano a todo custo. O australiano chegou algumas vezes a ser driblado pelo ex-campeão e esbarrar com tudo na grade. No entanto, a estratégia de 'Bam Bam' deu certo e, no minuto final, um chute na perna tirou o equilíbrio do brasileiro. Nos segundos derradeiros, Tai acertou um overhand e um direto que tiraram o catarinense do prumo, garantindo a ele a vitória parcial.

No round seguinte, tudo parecia se encaminhar para a vitória do australiano de 25 anos, que mais uma vez encurralou Cigano. Foi aí que os gritos de Dórea fizeram a diferença. Primeiro, um "Sai dessa grade!" e, depois, um "Cadê o seu ?" fizeram o brasileiro dar dois jabs que fizeram Tuivasa recuar. Com espaço, o ex-campeão aproveitou uma brecha defensiva de Tai e acertou um cruzado que fez a cabeça do adversário sacudir.

Com senso de urgência, Cigano percebeu que tratava-se do seu melhor momento na luta. Sem deixar o australiano levantar, Júnior primeiro se colocou na meia-guarda, por cima, e logo montou no rival. Apesar do 'ground and pound' um pouco desajeitado no início, o brasileiro acertou bons golpes que deixaram Tuivasa com olhar perdido. Foi o suficiente para que o árbitro Herb Dean encerrasse o combate.

O resultado positivo do ex-campeão dos pesos-pesados encerrou uma noite vitoriosa para o Brasil no UFC Adelaide. No card preliminar, Wilson Reis venceu Ben Nguyen por decisão unânime e, na luta coprincipal, Shogun derrotou Tyson Pedro - curiosamente, cunhado de Tuivasa.