Topo

Esporte

Dana White aponta Poirier como "provável" adversário de McGregor

Ag. Fight

02/12/2018 17h45

Dana White ainda aguarda a definição do julgamento da Comissão Atlética do Estado de Nevada em relação à confusão do UFC 229, realizado em outubro, quando as equipes de Khabib Nurmagomedov e Conor McGregor brigaram após a luta entre os dois. No entanto, conforme afirmou à imprensa em entrevista após o TUF 28 Finale, em Las vegas (EUA), o provável próximo adversário do irlandês já está na mira: é Dustin Poirier.

O dirigente declarou que 'Diamond' é o favorito para encarar Conor. Seria realizado uma espécie de miniGP, com os dois em uma chave e Nurmagomedov e Tony Ferguson na outra. De acordo com White, porém, todos os planos devem aguardar a decisão da Comissão.

"A luta que faz sentido agora é provavelmente Poirier. E, então, Tony ganha uma chance para o título. E os dois vencedores lutam um contra o outro. Mas ainda não estou certo exatamente de quando Conor vai lutar. Temos de passar por essa coisa da Comissão Atlética do Estado de Nevada antes", falou, de acordo com transcrição do site 'MMA Junkie'.

"Para mim, mesmo dizer que algo vai acontecer - quem sabe o que esses caras vão receber de suspensão? Se fosse só uma multa, seria uma coisa. Com certeza eles serão suspensos. Não vejo um cenário no qual eles não serão suspensos. Então, não posso fazer nada", acrescentou Dana.

O cartola do UFC ainda ponderou sobre a possibilidade de Nurmagomedov sofrer uma suspensão mais longa, já que foi quem iniciou a briga generalizada na T-Mobile Arena. White afirmou que seria "injusto" punir Khabib por muito tempo.

"Não vejo eles dando a Khabib acima de um ano. Espero. Se for acima de um ano, não seria justo. A coisa toda acabou em 40 segundos. Ninguém foi tocado, ninguém se machucou. Nada aconteceu. Então, acho que a comissão tem de mandar uma mensagem, mas espero que não seja mais de um ano. Não acho que seria justo", finalizou.

Poirier e McGregor se enfrentaram em 2014, quando o irlandês nocauteou 'Diamond' em apenas 1min46s de luta. O confronto foi apenas o quarto de Conor dentro do UFC. Menos de um ano depois, 'Notorious' conquistou o título interino dos pesos-penas (66 kg).

Mais Esporte