Topo

Esporte


Às vésperas do UFC 231, campeão provoca Ortega: "Tudo que esse cara fez, fiz melhor"

Ag. Fight

07/12/2018 10h00

Neste sábado (8), Max Holloway e Brian Ortega se enfrentam no UFC 231 em disputa válida pelo cinturão dos pesos-penas (66 kg). Nenhum dos atletas possui a fama de ser provocador fora dos octógonos, mas parece que a proximidade do evento agendado para a cidade de Toronto (CAN) apimentou a rivalidade entre os dois. Prova disso foi a coletiva de imprensa do show, em que o campeão aproveitou para provocar o desafiante ao título.

'Blessed' elogiou seu adversário, mas ironizou a expectativa que tem sido depositada em Ortega por parte da mídia, que insiste em comprar os feitos dos atletas. De acordo com o Max, tudo que o desafiante conquistou na carreira, ele também já o fez, e de forma mais expressiva.

"Ele é bom, é um cara perigoso. Mas todo mundo fica falando: 'Brian isso, Brian aquilo'. Tudo que esse cara fez, eu fiz melhor. Ele está com o que? Uma sequência de seis vitórias? Eu tenho doze. Ele bateu um campeão? Eu bati dois, e um deles ainda venci por duas vezes. No final das contas, o expresso 'Blessed' anda em círculos. Dominamos você, cara. E ainda sou mais novo que você, então parabéns", ironizou Holloway - aspas traduzidas do site 'MMA Junkie'.

O desafiante preferiu não retrucar, ao dizer que "as vezes a melhor resposta é não responder". A postura gerou outra alfinetada por parte do campeão, que disparou: "Às vezes você não tem uma resposta". A segunda provocação gerou, enfim, uma reação em Ortega, que atacou Max - diagnosticado com concussão em junho - ao ironizar seu histórico médico recente: "Alguém ainda está delirando", afirmou o número 1 do ranking.

Quando parecia que as coisas iriam esquentar de fato depois das provocações, Ortega acalmou os ânimos ao voltar atrás com sua palavra. O desafiante admitiu que se preocupa de fato com a saúde do campeão, e que torce para que Holloway esteja 100% para o combate, a fim de proporcionar o melhor show possível para os fãs.

"No final das contas, realmente me importo com a sua saúde e como você está. Sei que você tem um filho do lado, sei que vamos lutar e tudo, mas espero que ele esteja bem. Para mim, não seria legal se você entrasse lá e não estivesse fisicamente ok. Ainda mais quando se tem uma família, eu também tenho a minha. Meu preocupo com ele. Rezo por você, juro por Deus. Daremos para vocês o show que vocês merecem", declarou Ortega.

O duelo entre os dois pesos-penas liderará o card no Canadá. Mas o show ainda conta com outra disputa de cinturão agendada. Valentina Shevchenko e Joanna Jedrzejczyk batalham pela coroa vaga da divisão dos pesos-moscas (57 kg) no co-main event da noite.

Mais Esporte