Topo

Esporte


UFC bane fã que invadiu octógono em confusão generalizada em Las Vegas

Ag. Fight

07/12/2018 16h37

O UFC 229 ficou marcado pela confusão que envolveu as equipes de Conor McGregor e Khabib Nurmagomedov, mas não só por isso. Durante a briga generalizada, um fã do falastrão irlandês conseguiu adentrar ao octógono mais famoso do planeta sem ser incomodado. Mal sabia David Martin que sua atitude inusitada meses depois traria consequências sérias. O torcedor foi banido oficialmente pelo Ultimate de frequentar qualquer show da organização.

Através de um post em suas redes sociais o fã de Conor compartilhou uma carta que recebeu do Ultimate. No documento a empresa cita o incidente envolvendo David e condena a conduta do torcedor. Por fim, a mensagem deixa claro que Martin será impedido de adentrar qualquer evento do UFC daqui para frente, independentemente do local onde seja sediado o show.

"Caro Sr. David Martin, o Ultimate Fighting Championship está ciente que no sábado, dia 6 de outubro de 2018, durante o UFC 229, sediado em Las Vegas (EUA), você intencionalmente e ilegalmente entrou no octógono do UFC. Suas ações foram evidenciadas por vídeos quando investigamos internamente o incidente. Suas ações ameaçaram os atletas, os demais torcedores, os funcionários e a equipe do UFC. Independentemente de suas intenções, você violou os protocolos da Arena e também do UFC. Essa carta serve como uma notificação escrita que até segunda ordem, a partir desta data, você não será mais permitido de adentrar qualquer evento do UFC sediado naquela arena, ou em qualquer outra arena dentro ou fora dos Estados Unidos. Qualquer tentativa de entrar em qualquer arena com a intenção de assistir a um evento do UFC, será impedida com a sua remoção do evento, possível prisão e processo por invasão criminosa", escreveu o vice-presidente executivo do UFC, Hunter Campbell.

A carta foi enviada para David no dia 30 de novembro e, de acordo com o fã do Conor, respondida na mesma noite. No entanto, aproximadamente uma semana depois, o torcedor irlandês não obteve resposta por parte do Ultimate. A ausência de uma tréplica do UFC sugere que o penetra Martin terá que se contentar em assistir aos shows da organização pela sua televisão daqui para frente.

Mais Esporte