Topo

MMA


Do Bronx comemora com brasileiros no UFC Milwaukee e pede luta em Fortaleza

Leandro Bernardes/Ag. Fight
Charles do Bronx encerrou o ano de 2018 com três vitórias Imagem: Leandro Bernardes/Ag. Fight

2018-12-17T07:29:49

17/12/2018 07h29

Charles 'Do Bronx' fechou, no UFC Milwaukee, nesse sábado (15), um 2018 vitorioso. Depois de triunfar sobre Clay Guida, em junho, e Christos Giagos, em setembro, ele finalizou Jim Miller e encerrou o ano com três vitórias. Este último resultado positivo, inclusive, sacramentou a permanência do atleta entre os leves (70 kg), categoria para a qual foi obrigatoriamente lançado em 2017 depois de não bater o peso repetidas vezes nos penas (66 kg). A empolgação pós-luta já deixou o paulista com planos engatilhados para o ano que vem: segundo ele, um dos objetivos é lutar no UFC Fortaleza, que será realizado em 2 de fevereiro.

O pouco tempo entre a luta desse sábado e o show cearense não deve ser um problema, já que Charles sequer deu um golpe significativo em Miller antes de finalizá-lo a 1min15s de combate, ainda no primeiro round. Por meio da ferramenta 'stories' do Instagram, 'Do Bronx' se ofereceu para o primeiro card brasileiro do ano que vem.

Leia também:

"Agradecer a meus fãs, a todo mundo que me encontra na rua, abraça, acredita no meu trabalho. Estamos juntos, galera. Vamos que vamos. Fechamos o ano com chave de ouro. 2019 promete. Quero muito lutar em Fortaleza", escreveu.

Apesar de ter apenas 29 anos, Charles já é um veterano no Ultimate. Ele está na maior liga de MMA do mundo  desde 2010, temporada em que sofreu a primeira derrota de sua carreira - justamente contra Miller, de quem se vingou em Milwaukee. Além de 'Do Bronx', Edson Barboza e 'Netto BJJ' também ganharam seus combates no evento. Juntos, os três tiraram uma fotografia para celebrar o momento. (veja abaixo ou clique aqui).

Um vídeo publicado por ufc (@ufc) em Ago 8, 2015 às 9:50 PDT