Topo

MMA


Empresário descarta retorno de Fabrício Werdum ao UFC

Matthew Stockman/Getty Images
Fabrício Werdum concede entrevista antes do UFC 190, no Rio de Janeiro Imagem: Matthew Stockman/Getty Images

Ag. Fight

2018-12-27T20:04:33

27/12/2018 20h04

Ali Abdelaziz, empresário do ex-campeão do UFC Fabrício Werdum, não está confiante em um retorno do seu cliente à organização. Em abril deste ano, o atleta gaúcho foi flagrado em um exame surpresa aplicado pela USADA (agência antidoping americana) e recebeu uma punição de dois anos de afastamento. Desde então, ele tem procurado participar de eventos que não sejam regulados por tal companhia, o que deverá continuar a acontecer, de acordo com o agente.

Em entrevista ao programa "MMA Junkie Radio", Abdelaziz projetou que Werdum deve atuar em eventos de luta não regulados pela USADA. Na declaração, o empresário questionou o trabalho da agência antidoping e garantiu que confia na inocência do atleta brasileiro, que conquistou o cinturão do Ultimate em 2015, ao bater Cain Velasquez.

"Não acho que Fabrício lutará no UFC novamente. Acho que ele continuará lutando, mas não no UFC. Você acha que a USADA é legítima? Fabrício vai fazer o que for melhor para ele. Ele tem uma família, filhos e eu o amo incondicionalmente. Não sei o que aconteceu com ele, mas ferraram com ele. Sei que ele não trapaceou, mas eu sou o empresário dele e o apoio", contou Abdelaziz.

Werdum vive um momento de indefinição na carreira. Com a suspensão de dois anos, o atleta somente poderá retornar ao octógono em 2020, quando já estará próximo dos 43 anos de idade. Ao longo da carreira como lutador profissional de MMA, o brasileiro acumulou 23 vitórias, oito derrotas e um empate.